Impasses no projeto dificultam construção de pista municipal de skate

Obra de Guabiruba é de interesse da comunidade, de vereadores e da prefeitura, mas segue sem local definido e previsão de início

Impasses no projeto dificultam construção de pista municipal de skate

Obra de Guabiruba é de interesse da comunidade, de vereadores e da prefeitura, mas segue sem local definido e previsão de início

O aumento no fluxo de amantes do skate em Guabiruba forçou a prefeitura a sugerir a construção de uma pista municipal no ano passado. Os praticantes da atividade andam com o skate pelas ruas, sem segurança, e já reivindicaram a construção de um espaço adequado.

Apesar de demonstrar interesse em atender aos pedidos da comunidade, o Secretário de Esportes, Lazer e Assuntos para a Juventude, Luiz Schlindwein Filho, o Kareka, diz que a prefeitura ainda não definiu o terreno para iniciar às obras. Como a pista deve ser construída em uma parceria entre prefeitura e governo do Estado, Kareka acredita que o projeto oficial para captação de recursos estaduais deve ser apresentado somente após a compra deste terreno.

“Sabemos que só vamos conseguir recursos do Estado quando o projeto estiver mais sólido, principalmente com a posse do espaço para a construção”, observa.

Terreno em avaliação

A pista pode ser feita no local já adquirido pela prefeitura para a construção de uma creche e um posto de saúde, no bairro Imigrantes. O espaço tem mais de 17 mil metros quadrados, tamanho de sobra para fazer também a área esportiva. A Secretaria de Planejamento Urbano e Infraestrutura de Guabiruba, inclusive, já avaliou a viabilidade desta obra durante a semana. Foram feitas as medidas para saber se é possível a construção neste terreno.

Kareka afirma que ainda hoje deve receber a resposta da secretaria. A compra do terreno do bairro Imigrantes está sob investigação do Ministério Público por suspeita de supervalorização, mas enquanto não há um veredito, não existe impasse para a construção.

A partir disso, o próximo passo, segundo o secretário, será a reunião com a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) para buscar recursos estaduais.

Custo

Segundo o secretário, a ideia inicial é que a pista seja nos mesmos moldes da localizada em Brusque, na Praça Sesquicentenário. O valor da construção da obra, calcula Kareka, será entre R$80 mil e R$ 100 mil, mas, segundo informações da prefeitura de Brusque, o custo da pista no município vizinho foi de R$ 244 mil.

Pauta na Câmara

A construção da pista de skate de Guabiruba foi pauta de discussões na Câmara de Vereadores. Em setembro do ano passado, o vereador Valdeci Gomes Ferreira, o Boiadeiro (PDT), solicitou a construção da pista durante uma sessão.

O legislador vem acompanhando situações de perigo para adolescentes sem um espaço próprio para lazer. “Já vi crianças nas ruas andando com o skate depois das 22h, no escuro. Eles precisam de um lugar decente para brincar.

Dessa forma, serão evitados acidentes”, comenta. “É melhor antecipar o problema, antes que ele aconteça e sejamos cobrados por isso”, completa. O vereador diz que confia na atual gestão do município. Ele acredita que a obra saia ainda este ano.

Na sessão de setembro, Boiadeiro teve o apoio de Felipe Eilert dos Santos (PT). Ele concordou com o vereador, ressaltando que o projeto estava no plano de governo do prefeito Matias Kohler e isso deveria facilitar a viabilização da construção. Em sua fala, Haliton Kormann (PMDB) lembrou que fez a mesma solicitação em 2013. “Os moradores reclamam das crianças que andam de skate nas suas calçadas, então é um projeto interessante para todos. Já houve jovens que entraram no pátio de uma empresa para praticar a modalidade. A situação pede uma pista para Guabiruba”, diz o peemedebista.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio