Infecções virais são a principal causa de atendimento no plantão da Policlínica

Até o momento, segundo a Secretaria de Saúde, mais de 600 atendimentos já foram realizados

Infecções virais são a principal causa de atendimento no plantão da Policlínica

Até o momento, segundo a Secretaria de Saúde, mais de 600 atendimentos já foram realizados

Até quinta-feira, 28 de dezembro, foram realizados 605 atendimentos no plantão da Policlínica de Brusque, segundo informações fornecidas pela Secretaria de Saúde.

Desse total de atendimentos, alguns se destacam. Os mais procurados até o momento, segundo informações de Álvaro de Carvalho e Renata Costa, responsáveis pelo plantão da Policlínica, estão relacionados às infecções de vias aéreas superiores.

Na prática, tratam-se de patologias como gripes, resfriados e sinusite, doenças das mais comuns que afetam a população.

Em segundo lugar no número de atendimentos estão os relacionados à gastroenterite, infecção do estômago que causa diarreia, vômito e náuseas.

Em cinco dias de plantão, descontando-se os feriados e fim de semana, foram realizados 39 atendimentos de gestantes, 54 atendimentos na odontologia e 24 na pediatria. O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) atendeu 16 pessoas, durante o mesmo período.

A farmácia básica, informa a Secretaria de Saúde, atendeu cerca de 200 pessoas por dia no período. Já a farmácia excepcional, que fornece medicamentos de alto custo, teve 15 atendimentos.

Segundo um dos coordenadores do plantão da Policlínica, o enfermeiro Álvaro de Carvalho, houve também um bom número de atendimentos para renovação de receitas, mas que se manteve nos mesmos patamares nos anos anteriores.

Nessa época do ano, ele explica, os médicos atenderam algumas consultas já agendadas somente relacionadas à gestação de risco, mas as restantes são realizadas pela chamada demanda espontânea, quando o cidadão comparece à Policlínica e é atendido na sequência.

São oferecidas consultas com clínico geral e procedimentos de enfermagem, assim como atendimento odontológico, vacinação e o serviço farmacêutico. Também tem funcionado, no período de recesso, os serviços de controle e prevenção à dengue.

Um dos serviços bastante procurados foi o de vacinação. Conforme dados da prefeitura, foram aplicadas 548 doses no período, além das 48 doses aplicadas nos hospitais aos recém-nascidos.

O plantão
O atendimento na Policlínica durante o recesso da prefeitura começou em 22 de dezembro, e funciona das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira, até o dia 8 de janeiro de 2018.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio