Informações sobre espécie de besouro que fugiu da Epagri são falsas

Órgão lançou nota oficial nesta sexta-feira, 30

Informações sobre espécie de besouro que fugiu da Epagri são falsas

Órgão lançou nota oficial nesta sexta-feira, 30

Notícias que têm circulado nas redes sociais sobre a Estação Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) em Itajaí (EEI) ter deixado escapar besouros-amarelos (Geniates barbatus) na região do Vale do Itajaí são falsas. O órgão publicou nota oficial nesta sexta-feira, 30, esclarecendo que a proliferação do inseto, que é nativo, não tem relação com pesquisas desenvolvidas na unidade.

A falsa notícia alega que o inseto fazia parte de um experimento de controle biológico e acabou fugindo do laboratório da EEI e se proliferando pela região. No entanto, não há estudos sendo desenvolvidos com o besouro-amarelo no local.

“Esse besouro sempre ocorre em alta população no mês de novembro, desfolhando muitos pés de goiabeira e aroeira. Como quase todo mundo tem um pé de goiabeira no quintal, ele acaba ocorrendo em muitos locais. Além disso, o animal é atraído pela luz e entra nas casas a noite, dando a impressão de que a população é maior do que o normal”, esclarece Eduardo Rodrigues Hickel, entomologista e pesquisador da EEI, na nota oficial.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio