Já classificados, Barateiro Futsal e Unochapecó ficam no empate na Arena Brusque

Na disputa pela liderança do Grupo B, time da casa arranca empate nos dois segundos finais da partida

Já classificados, Barateiro Futsal e Unochapecó ficam no empate na Arena Brusque

Na disputa pela liderança do Grupo B, time da casa arranca empate nos dois segundos finais da partida

O confronto era um dos mais esperados pela fase de grupos da Liga Nacional. O Barateiro Futsal/FME enfrentou a Unochapecó, atual campeã da competição na noite desta sexta-feira, 5 de julho, na Arena Brusque. 

As duas equipes, já classificadas para as semifinais antes mesmo do jogo começar, disputaram a liderança do Grupo B. Com o empate por 1 a 1, o time da casa ficou na vice-liderança da chave.

O jogo
O primeiro tempo foi técnico, com poucas faltas. As equipes se movimentaram bem em campo. O time de Chapecó teve mais posse de bola e pressionou a equipe da casa, adiantando a marcação e dificultando a saída de bola.

Logo nos primeiros minutos de partida, a primeira chance de gol foi para a Unochapecó. Valéria caiu dentro da área e tentou anotar, mas Marielle mandou para fora. O Barateiro tentou equilibrar o jogo, com boa movimentação em quadra e toques rápidos.

Após os dez minutos, as duas defesas se fecharam. Ambos os times apostaram em chutes de fora da área. 
A primeira boa chance para o Barateiro foi com Luana, aos 11 minutos. Amandinha tirou a bola na área de defesa, armou o contra-ataque e tocou para jogadora na entrada da área. Ela chutou em cima da goleira.

O time de Brusque ainda teve outra oportunidade de abrir o placar na sequência. Luana deixou para Amanda que bateu direto para o gol. Giga fez boa defesa.

O jogo era equilibrado. As melhores chances começaram a aparecer em jogadas individuais das atletas. Foi assim que a Unochapecó abriu o placar com Jéssika, em gol de fora da área.

Nos cinco minutos finais da primeira etapa, o Barateiro passou a atacar mais. Nega perdeu a chance de empatar. Ao ficar livre na frente do gol, bateu de primeira, direto nas mãos da goleira Giga.

Sufoco e empate 
O jogo estava indefinido. A equipe da casa correu atrás do empate e, logo no primeiro minuto da etapa final, Nega recebeu e girou dentro da área, mas bateu para fora.

A equipe do oeste voltou a pressionar e, em uma sequência de lances, perdeu a oportunidade de aumentar o placar. A primeira foi com Valéria, no contra-ataque. Ela ficou de cara com Marielle, que fez a defesa. Em outro lance, Diana salvou o Barateiro. Vanessa chutou para o gol na saída de Marielle e a jogadora tirou em cima da linha, evitando o segundo gol da Unochapecó.

Os primeiros dez minutos da etapa final foram bem movimentados. Boas oportunidades de gols para ambos os times. Amandinha também teve a chance de empatar. Arriscou de fora da área, depois de roubar a bola na área de defesa do Barateiro e arrancar em direção ao gol, mas mandou para fora. 

Aos 13 minutos, foi a vez de Brenda evitar mais um gol de Chapecó. Em tabela de Valéria e Tampa, Marielle saiu para a defesa e a jogadora tirou outra bola em cima da linha. Nos minutos finais, o Barateiro teve dificuldades em armar o ataque e abusou dos erros. A Unochapecó chegava com mais facilidade à área de Marielle. Tampa, livre, quase fez o segundo, mas parou na trave.

O técnico do Barateiro, Anderson de Menezes, o Esquerda, arriscou com goleiro-linha. Diana assumiu a função e foi com ela que o time da casa chegou ao empate. Após receber da jogadora, Amandinha chutou no ângulo. O empate veio faltando apenas dois segundos para o fim da partida.

O empate não foi suficiente para o Barateiro voltar a liderança do Grupo B. Com o resultado, o time brusquense permaneceu na segunda posição da chave e viaja a Fortaleza para enfrentar o Nacional Gás/Unifor, primeiro colocado do Grupo A.

Avaliação
O técnico Esquerda lamentou o resultado, mas ressaltou que qualquer confronto contra o time de Chapecó é difícil. “Tivemos um primeiro tempo muito ruim, correr atrás do time de Chapecó e complicado. É um dos times mais organizados da Liga, que se movimenta muito. Sentimos isso, é uma equipe que erra pouco, e se erramos contra eles, a gente toma gol e precisa correr atrás”, diz.

Outros jogos
Kindermann terminou sua participação na Liga Nacional com vitória. O time de Caçador venceu o Londrina Futsal por 5 a 1. O Cianorte também venceu na sua última partida na competição. No confronto contra o Copobras, o time paranaense fez 5 a 3 no adversário de Criciúma.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio