Há muito tempo sem fazer o preventivo, Jaci Baron, 73 anos, teve uma surpresa desagradável em 2012. Sem nunca sentir dor, ao realizar a mamografia, descobriu que tinha um nódulo na mama direita e que a esquerda também estava comprometida.

Jaci começou o tratamento contra o câncer e em 6 de novembro daquele mesmo ano retirou o seio direito, e em 2013, o esquerdo. Na primeira cirurgia teve algumas complicações, já que o dreno infeccionou.

Jaci Baron
Idade: 73 anos
Profissão: Aposentada
Bairro: Primeiro de Maio

Mas, sem nunca se abalar, passou por sessões de quimioterapia, perdeu o cabelo e ainda teve um outro câncer: desta vez o de adrenal. Em agosto fez dois anos que tirou este tumor.

Hoje, Jaci está curada e continua realizando o acompanhamento médico. “Eu nunca fiquei um dia na cama. Eu tenho um Deus muito grande que me ajuda e também nunca coloquei coisa ruim na minha cabeça”, afirma ela, que recomenda que as mulheres se previnam.

“Com a minha besteira de não sentir nada, descobri o câncer um pouco tarde. Mas a fé é que me manteve viva, pois Deus dá um jeito pra tudo, basta acreditar”.

Há muito tempo sem fazer o preventivo, Jaci Baron, 73 anos, teve uma surpresa desagradável em 2012. Sem nunca sentir dor, ao realizar a mamografia, descobriu que tinha um nódulo
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês