Jacobs 2015: São Luiz joga quase no limite e derrota o São Pedro na estreia do handebol feminino

O primeiro confronto oficial foi marcado pela boa qualidade técnica das duas equipes

Jacobs 2015: São Luiz joga quase no limite e derrota o São Pedro na estreia do handebol feminino

O primeiro confronto oficial foi marcado pela boa qualidade técnica das duas equipes

As disputas de handebol feminino pelos Jogos Abertos Comunitários de Brusque (Jacobs) – Troféu Jornal Município Dia a Dia 61 anos não poderiam ter estreia melhor. O primeiro confronto oficial, entre São Luiz e São Pedro, foi marcado pela boa qualidade técnica das duas equipes. Antes deste jogo, o Paquetá entrou em quadra para fazer a estreia da modalidade, mas a equipe do Maluche não apareceu para jogar.

O São Luiz jogou quase no limite, pois só contava com uma atleta na reserva. Melhor reforçado, o São Pedro iniciou bem a partida, mas acabou superado. Vitória na raça do São Luiz por 12 a 11. Com os resultados, o São Luiz lidera. A próxima rodada, que será na quarta-feira, 12, terá folga das líderes. Já a equipe do Paquetá tentará a primeira vitória oficial contra o Souza Cruz, que folgou na estreia. São Pedro tentará recuperação em jogo a ser definido pela Fundação Municipal de Esportes, já que o Maluche, equipe que São Pedro enfrentaria, está eliminado devido o WO sofrido.

Etapa eletrizante

Em apenas 20 minutos, muita coisa aconteceu na partida entre São Pedro e São Luiz. No começo, as duas equipes estavam tímidas. Apesar de boa qualidade técnica, o gol demorou a sair, mas valeu a pena. Em erro de marcação do São Luiz, Gislaine recebeu na entrada da área, com mais duas companheiras de opção para o passe. Ela, contudo, preferiu marcar um golaço, encobrindo a goleira Jaqueline.

O time do São Luiz teve boa chance de empatar com Amanda. A equipe teve uma penalidade a seu favor, tiro de sete metros livre, mas a goleira Lislaine defendeu. Com a ‘porteira aberta’, coube ao time do São Pedro ampliar e deixar o jogo mais fácil para si. Foi o que aconteceu: momentos após o pênalti perdido, no erro de Milene, a equipe contra-atacou e fez o gol com Alessandra.

Na paciência, o São Pedro chegou ao terceiro gol. De mão em mão, a bola sobrou com Alessandra, que marcou seu segundo gol na partida. A equipe do São Luiz parecia que não reagiria mais ao bom saldo feito pelas adversárias. Mas aí, Amanda surgiu. A atleta, que já disputou handebol nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), marcou três gols na sequência e deixou tudo igual. Fuzilou as redes pela esquerda no primeiro tento, reduziu a diferença em tiro frontal no segundo e, na raça, empatou o placar. Empolgado, o time virou o jogo ainda no primeiro tempo, em gol de redenção de Milene, pouco antes do último apito na primeira etapa.

No detalhe

A segunda etapa voltou com as duas equipes na mesma sede de vitória. Em poucos segundos de partida, o São Pedro chegou ao empate com Gislaine. O time ainda virou a partida na sequência, com belo gol de Adriane. Contudo, o São Luiz tinha Amanda. A atleta da camisa 6 deixou tudo igual novamente.

A partida seguiu com alternâncias no placar. Se na primeira etapa os gols foram poucos, o mesmo não se pode falar do segundo tempo. Ellen deixou o São Pedro em vantagem de novo, mas Amanda voltou a empatar para o São Luiz. A atleta Milene do São Luiz colocou o time de novo na frente, e daí para frente o São Pedro não conquistaria mais a virada.

Toda vez que o São Luiz se colocava em vantagem, o São Pedro conseguia empatar. A única vez que isso não aconteceu, a partida foi decidida. Após gol de Amanda, Anna conseguiu uma vantagem de dois tentos em falha da goleira Lislaine. Ellen até conseguiu reduzir a diferença, mas a partida terminou com vitória do São Luiz.

A atleta da equipe vencedora, Milene Pillar, destacou a força de vontade do grupo. “Estamos com apenas uma atleta reserva, jogando no limite. Corremos atrás de atletas, mas é difícil, a modalidade é pouco prestigiada. Nossa maior preocupação era com o São Pedro, que tem uma boa equipe, por isso nossa vitória na estreia foi muito importante”, afirma.

Demais competições

Pela Bocha Raffa Vollo Feminina, São Pedro e Águas Claras começaram com o pé direito. As duas comunidades venceram, respectivamente, Centro e São João pelo mesmo placar, 12 a 3. A rodada desta segunda-feira, 10, também contou com a estreia do Voleibol Feminino. O Maluche se impôs diante do São Pedro e venceu por dois sets a zero. O mesmo aconteceu com o Dom Joaquim. As atletas do bairro não tomaram conhecimento do Azambuja e venceram os dois sets.

As competições de Canastra, nos dois naipes, Bocha Vale Tudo Masculino e a partida entre Santa Rita e São Pedro no Handebol Masculino não encerraram antes do fechamento desta edição.

jacobs

 

 

Receba o boletim semanal da competição:

* Preenchimento obrigatório

 



Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio