Jean Pirola caminha para ser candidato a Assembleia em outubro

Vereador é o mais cotado a concorrer pelo partido na região, mas guabirubense também disputa

Jean Pirola caminha para ser candidato a Assembleia em outubro

Vereador é o mais cotado a concorrer pelo partido na região, mas guabirubense também disputa

O PP de Brusque deverá oficializar, quando chegar o prazo legal, a candidatura do vereador e ex-presidente da Câmara de Brusque, Jean Pirola, a deputado estadual. O nome já está pré-aprovado pela Executiva estadual como provável candidato do partido na região do Vale do Itajaí.

Há, no entanto, outra possibilidade de candidatura dos progressistas na região do Vale. Há algum tempo o PP de Guabiruba anunciou a pré-candidatura do advogado Marcos Habitzreuter, a qual ainda está mantida para as eleições de 2018.

O vereador diz que, conforme informações da Executiva estadual, seu nome é o escolhido para representar a microrregião na disputa de uma vaga à Assembleia Legislativa (Alesc), mas isso só será oficializado durante convenção partidária.

Nesta semana, há uma reunião marcada para definir o lançamento da pré-candidatura. Pirola diz que a sigla mantém os dois nomes na microrregião, e que “se não vai um vai o outro”.

A decisão se dá mais próximo da data estabelecida para o lançamento oficial das candidaturas, com base em análises e pesquisas internas, as quais visam medir a capacidade eleitoral dos postulantes, assim como sua possibilidade de crescimento.

Ainda de acordo com Pirola, o PP de Brusque está conversando com cerca de cinco partidos para que haja, possivelmente, o lançamento de uma candidatura apoiada pelas siglas, que trabalhariam pela eleição de um único nome na região.

Atualmente, seu nome é dado como praticamente certo na disputa eleitoral de 2018. A se concretizar, será a primeira vez que Pirola concorrerá a um cargo eletivo a nível estadual.

Ele foi eleito vereador em 2012 e reeleito para mais um mandato em 2016. Nesse período, assumiu por duas vezes a presidência do Legislativo municipal.

Governo do estado
De acordo com o vereador, o cenário para o PP na eleição estadual não tem se modificado. O partido está alinhado sobretudo com a possibilidade de coligação com três siglas: PSD, DEM e PSB.

Esperidião Amin, ex-governador e atualmente deputado federal, já foi ungido por correligionários para disputar o cargo mais alto da política catarinense.

“O PP já bateu o martelo no nome do Amin, não tem um segundo nome no PP. Ele já aceitou, que é o mais importante, às vezes ele não aceita”, explica o vereador.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio