Jogos Escolares de Santa Catarina iniciam nesta quarta-feira, 25 de setembro

Expectativa da organização é de que atletas da SDR Brusque se destaquem na competição

Jogos Escolares de Santa Catarina iniciam nesta quarta-feira, 25 de setembro

Expectativa da organização é de que atletas da SDR Brusque se destaquem na competição

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Brusque organizou na manhã de terça-feira, 24 de setembro, uma coletiva de apresentação dos Jogos Escolares de Santa Catarina, o Jesc. Na oportunidade, estiveram reunidos membros do Governo do Estado, através da Fesporte e a comissão organizadora da competição. Entre os assuntos debatidos, o coordenador técnico do evento, Ademar Silva, discorreu sobre os jogos e sobre a importância do incentivo ao esporte.

Segundo Silva, o objetivo da Fesporte com os Jesc é dar oportunidade para os atletas se destacarem. “É um evento importante na sequência da carreira desses futuros atletas e que tem uma repercussão grande. É uma sequência: começa na escola, em março. Agora tem o estadual. Em novembro, o nacional. Nosso grande objetivo é esse: levar o atleta até o fim”. O coordenador técnico também comenta sobre a importância do incentivo privado na construção da carreira do atleta. “A gente oportuniza as competições. Daqui para frente, cabe as empresas ver o quanto o atleta é bom e usar o exemplo, esse esporte, até para divulgar o seu produto”.

Competição

O Jesc de 15 a 17 anos reúne em torno de 1.6 mil atletas de 402 escolas. Serão 160 municípios representando as 36 SDR’s. Os campeões em cada categoria avançam para a fase nacional, os Jogos Escolares da Juventude, em Belém, no Pará. Silva disse que os melhores do esporte nacional são oriundos de Santa Catarina e enfatiza que daqui sairão campeões brasileiros. “Estamos trazendo os melhores para cá desta faixa etária. O estado é uma referência no país. Aqui está a nata do esporte juvenil. Há alguns anos, éramos meros coadjuvantes. Hoje, disputamos as primeiras colocações com Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo”. Ele cita como exemplo Mariana Pereira, atleta brusquense do ciclismo, que venceu o Jesc 14 a 16 anos, e se destacou na competição nacional da faixa etária em Natal, ao ganhar três medalhas.

No entanto, a atleta tem participado de competições por Criciúma, já que não existe uma política efetiva voltada à modalidade na cidade. Outro destaque é a joinvilense Tamiris de Liz. A vencedora do Jesc 15 a 17 anos da última edição é a sexta mulher mais rápida do mundo. “É bom sabermos que, dos jogos, estamos colhendo frutos e estamos no caminho certo. É um orgulho para nós”, informou Silva. Após a fase nacional, os campeões representarão o país nos Jogos Escolares Mundiais da Juventude, realizados na Inglaterra. Silva destaca que os atletas de Santa Catarina tem fortes chances de carimbar o passaporte para Europa, principalmente, nas modalidades de atletismo, judô, tênis de mesa e voleibol. 

Jogos em Brusque

As expectativas da Fesporte para o evento são as melhores possíveis. Uma das preocupações era com relação as enchentes ocorridas no fim de semana. Por isso, o gerente de base e inclusão da Fesporte, Ademar José da Silva, visitou Brusque na segunda-feira para observar as condições da cidade após o incidente. Ele constatou que as instalações não foram prejudicadas e confirmou o evento.

Os atletas ficarão alojados nas escolas da rede estadual. Portanto, os alunos não terão aula durante os dias da competição, fato que não afetará o calendário letivo, pois as aulas foram repostas em julho, no recesso. O secretário da SDR, Jones Bosio, destacou a parceria para a realização dos jogos em Brusque. “A prefeitura, SDR, colégios, professores, governo e imprensa. Isso é muito importante. É um momento que envolve lazer, família, saúde. Ensina a disciplina, a educação”.

A abertura oficial do evento será nesta quarta-feira, às 8h30, no Sesi. Após a solenidade, iniciam as competições de atletismo, judô e ciclismo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio