Jogos Escolares movimenta 30 unidades escolares e cerca de 2.7 mil atletas

A principal competição do desporto escolar brusquense inicia nesta segunda-feira, 14

Jogos Escolares movimenta 30 unidades escolares e cerca de 2.7 mil atletas

A principal competição do desporto escolar brusquense inicia nesta segunda-feira, 14

A principal competição do desporto escolar brusquense inicia nesta segunda-feira quando começam os Jogos Escolares de Brusque (Jebs). A competição vai movimentar 30 unidades escolares e cerca de 2.7 mil atletas. Segundo o superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Delmar Tondolo, participam 17 escolas municipais, 8 estaduais e 5 particulares. Elas serão representadas por alunos da categoria Mirim/Pré-Mirim (11 aos 13 anos) e Infantil (14 a 16).

Os jogos começam hoje em virtude do grande número de modalidades, mas a abertura oficial ocorre somente amanhã, às 9h, na Arena Brusque. As primeiras disputas serão as do futsal. Os jogos do naipe masculino iniciam a partir das 8h e vão até às 16h na Arena Brusque. No mesmo período, será disputado o naipe feminino no Colégio São Luiz. O encerramento da competição está previsto para o dia 25 deste mês.
Sobre os Jebs

Fonte de integração entre atletas, escolas e comunidade, os Jebs são essenciais também para a descoberta de novos talentos. Tondolo destaca que são nestas competições que muitos jovens são observados para serem trabalhadores por treinadores de rendimento e depois representarem o município em competições estaduais e nacionais. “Além da integração, os Jebs tem esse objetivo de buscar novos talentos. É uma forma de valorizar também o trabalho dos professores de educação física que mostram o trabalho feito nas escolas”, destaca.

Para Eduardo Oliveira, professor da escola Georgina de Carvalho Ramos da Luz, situada no São Pedro, os Jogos Escolares são o ponto alto para todo o trabalho da Educação Física, tanto para professores como, principalmente, para os alunos. “Além de praticarem o esporte, que é ensinado nas aulas com seus fundamentos e regras, os alunos estão praticando o sentido de competitividade, que vão ter no mundo profissional, e o senso de responsabilidade e cumprimento de regras”, destaca. “Para os professores, os Jogos servem para que possamos trocar diversas experiências com os colegas das redes de ensino (municipal, estadual e privada)”, complementa.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio