Jornal O Município e Livraria Graf lançam concurso de redação para alunos da Rede Municipal de Ensino de Brusque

A partir de imagens que retratam o antes e depois de Brusque, estudantes do 8º ano desenvolverão redações

Jornal O Município e Livraria Graf lançam concurso de redação para alunos da Rede Municipal de Ensino de Brusque

A partir de imagens que retratam o antes e depois de Brusque, estudantes do 8º ano desenvolverão redações

Os alunos do 8º ano da Rede Municipal de Brusque têm um novo desafio. Por meio da iniciativa do jornal O Município e da Livraria Graf, com o apoio da Secretaria de Educação, foi lançado nesta semana o concurso de redação Brusque Ontem e Hoje, que tem o objetivo de fomentar a leitura e a escrita.

O concurso faz parte do projeto O Município na Escola e oportuniza o reconhecimento de talentos da comunidade local, além de estimular iniciativas para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

No último dia 4 de agosto – aniversário de Brusque -, o jornal publicou um caderno especial intitulado Retratos da História. Na ocasião também disponibilizou estas fotos em seu portal: www.omunicipio.com.br/retratosdahistoria.

A ideia é que cada estudante que curse o 8º ano, a partir da escolha de uma das imagens que retratam o antes e depois da cidade, desenvolvem uma redação. É necessário traçar um paralelo entre a Brusque do passado e a Brusque de hoje. Não há custo algum para a participação no concurso.

Como funciona
Serão válidas as redações entregues até dia 15 de setembro na sede do jornal O Município, na rua Felipe Schmidt, 31, sala 1, no Centro, em frente à loja Milium. O texto deve ser inscrito no nome de apenas um participante e constar o nome do professor responsável.

Ao se inscrever, o participante autoriza automaticamente o jornal a utilizar, publicar e reproduzir, por meio de jornais, revistas, rádio e internet, o conteúdo e a imagem do autor, respeitando-se a propriedade intelectual do mesmo.

A exigência é que a redação seja digitada em fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento simples, com no máximo 3 mil caracteres, contando os espaços. Além disso, o texto deverá inserir-se no Gênero Memória.

Avaliação e premiação
Um comitê misto de profissionais, indicados pela Secretaria de Educação e pelo jornal O Município farão a avaliação das redações. Serão levados em conta a criatividade, originalidade, coerência com o tema, organização do texto, legibilidade e ortografia.

Serão premiados os três primeiros lugares. O valor é um crédito “vale–livros” para serem utilizados na livraria Graf seguindo a escala: 1º lugar – R$ 300, 2º lugar – R$ 200 e 3º lugar – R$ 100. O professor de cada aluno premiado também receberá uma premiação em crédito de livros no valor de R$ 100.

O resultado da premiação será divulgado no dia 22 de setembro e a entrega acontecerá no dia 26, na sede da livraria Graf, às 16h. Além disso, as redações premiadas serão divulgadas pelo jornal O Município.

Incentivo à cultura
Para o diretor do O Município, Claudio Schlindwein, o concurso propicia que os alunos desenvolvam seus talentos e liberem a criatividade. Ele avalia que por mais que se viva “numa era digital”, onde grande parte dos conteúdos consumidos são digitais, algo que nunca sairá de moda é a capacidade do ser humano de criar e desenvolver ideias.

Schlindwein lembra que o concurso retrata um tema muito atual, que é a transformação da cidade. “O concurso avaliará a percepção de cada estudante na questão urbanística, tanto ambiental como social”.

O proprietário da livraria, Eleutério Graf, diz que o concurso é um grande incentivo à cultura, já que estimula a leitura em uma faixa etária que os jovens necessitam muito ler e escrever. “É um projeto que beneficia não somente os alunos que serão premiados, mas todos os que participarão e terão a oportunidade de desenvolver a leitura e a escrita”.

O secretário de Educação de Brusque, José Zancanaro, destaca que a iniciativa vem de encontro com os objetivos da pasta. Ele observa que um dos maiores problemas dos estudantes é com a escrita, já que muitos saem das escolas sem saber escrever corretamente.

“Um ponto crucial de quem entra na universidade é a redação. Por isso é fundamental um concurso neste formato, pois para escrever bem é necessário ler bastante e pesquisar também”, analisa.

Regulamento
O regulamento completo do concurso pode ser acessado no site do jornal: www.omunicipio.com.br/concurso.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio