Jovem de 17 anos morre enquanto ajudava a retirar árvores em escola de Guabiruba

Dalvan Wilian Cavichioli foi socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Jovem de 17 anos morre enquanto ajudava a retirar árvores em escola de Guabiruba

Dalvan Wilian Cavichioli foi socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Dalvan Wilian Cavichioli, 17 anos, morreu neste sábado, 29, após cair de uma altura de sete metros, durante o trabalho voluntário de poda de árvores no pátio da escola João Boos, em Guabiruba. Ele era presidente do Grêmio Estudantil da instituição.

Segundo o relato do pai na delegacia, o filho foi chamado para ajudar, apesar de não trabalhar com esse tipo de serviço. Ele estava em casa quando foi informado da queda.

Por volta de 9h, Dalvan estava no cesto de um guindaste e acabou caindo. Ele foi levado ao Hospital Azambuja, mas não resistiu e faleceu às 14h.

Participação na comunidade

Além de atuar no Grêmio Estudantil, Dalvan era conhecido por participar do Acampamento FAC (Formação de Adolescentes Cristãos), da Igreja Católica. Ele cursava o terceiro ano do Ensino Médio e integrava a equipe da rádio Guabiruba FM.

Fã de esportes, o jovem era torcedor atuante do Brusque Futebol Clube. Na tarde de sábado, o clube emitiu uma nota de pesar, lamentando a morte. Na homenagem, ele foi chamado de “um dos seus grandes torcedores e símbolos desta nova geração de aficionados pelo Bruscão”.

ARVORES CORTADAS NO JOÃO BOOS
Foto: Levi de Oliveira
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio