Justiça de Brusque condena quadrilha por roubo de cargas

Quatro integrantes do esquema foram condenados a seis anos de prisão, e outros dois a dez e sete anos, respectivamente

Justiça de Brusque condena quadrilha por roubo de cargas

Quatro integrantes do esquema foram condenados a seis anos de prisão, e outros dois a dez e sete anos, respectivamente

Um julgamento na manhã desta terça-feira, 21, em Brusque, condenou seis homens por associação criminosa e roubo de cargas. Johnny Marlon Grignani, Jonathan Josué Grignani, Marcelo Moreira Serano e Daniel Luiz Hining foram condenados a seis anos de prisão em regime fechado. Já Sidney Luciano Ferreira cumprirá pena de dez anos e Evandro Mafra, sete.

O crime cometido pela quadrilha ocorreu no dia 16 de agosto de 2016, quando o motorista de uma transportadora carregava um contêiner com carga têxtil e foi rendido pelos criminosos em uma rotatória, na rodovia Antônio Heil, em Brusque. O veículo havia saído de Itajaí com destino à uma empresa de Guabiruba.

Conforme a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), os mandantes do crime eram os irmãos Grignani, que são empresários do ramo têxtil. Enquanto Mafra e Ferreira foram os responsáveis por anunciar o assalto e roubar o caminhão com a carga. Já Serano foi quem conduziu o veículo roubado até Gaspar, onde Hining e os irmãos Grignani o aguardavam para bloquear o rastreamento do caminhão e realizar a baldeação da carga.

A quadrilha foi presa logo após cometer o crime, pela Polícia Militar, que recebeu informações sobre o local do esconderijo e montou uma operação. Eles permanecem presos na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque desde a prisão em flagrante.

O crime

O motorista do caminhão foi rendido pelos criminosos, que estavam em um veículo Peugeot 206, prata. Em posse de uma arma de fogo, ele foi ameaçado e um dos bandidos entrou pela porta do carona e ordenou que o motorista conduzisse o veículo até a avenida Beira Rio. Ao chegarem no local indicado, Mafra mandou o motorista parar o caminhão e o levou até até o Peugeot 206, onde estavam Serano e Ferreira.

Serano então assumiu a direção do caminhão, com destino à estrada Geral da Lagoa, em Gaspar, para encontrar com os irmãos Grignani e Hining. Enquanto isso, Mafra e Ferreira, que estavam no Peugeot 206, permaneceram em posse do motorista e o levaram até uma rua próxima à empresa Distribuidora Müller, em Itajaí.

Os dois criminosos ainda se aproveitaram da situação e ainda roubaram aproximadamente R$ 450 da vítima e um celular da marca Samsung Galaxy Gran Duos.

Em determinado momento, a vítima conseguiu fugir pelo matagal e saiu nos fundos da empresa, onde pediu ajuda.

Os criminosos planejaram toda a ação e roubaram o caminhão Trator, Iveco, avaliado em R$ 80 mil, um semirreboque, de R$ 20 mil, contendo a carga têxtil no valor de R$ 240 mil.

Prisão

Assim que a PM recebeu a informação do crime, montou uma operação e durante o monitoramento, chegou um caminhão dirigido por um homem. Em seguida, chegaram mais três pessoas em um veículo.

A Polícia Militar agiu e prendeu os quatro em flagrante pelo crime de roubo e associação criminosa. Os acusados foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Itajaí, onde a vítima reconheceu um dos detidos.

A PM encontrou no Fusion de cor prata, placas de Brusque, dos acusados, vários equipamentos usados para bloqueio do rastreador do caminhão. A polícia também apreendeu os celulares dos suspeitos.

Entre os detidos, os policiais afirmam que estavam o motorista da quadrilha, o chefe do esquema criminoso, o eletricista responsável por desligar o dispositivo GPS e outro que ajudaria na baldeação da carga.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio