Justiça nega pedido de prisão de Sandra Maria Bernardes

MP-SC havia pedido que cumprimento de pena começasse imediatamente

Justiça nega pedido de prisão de Sandra Maria Bernardes

MP-SC havia pedido que cumprimento de pena começasse imediatamente

O juiz Edemar Leopoldo Schlösser, da Vara Criminal da Comarca de Brusque, negou, nesta segunda-feira, 11, à tarde, o pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) de prisão de Sandra Maria Bernardes, condenada pelo homicídio do empresário Chico Wehmuth.

Schlösser considerou que o Tribunal de Justiça determinou que a prisão seja cumprida após esgotar-se os recursos em segunda instância para negar a solicitação do MP-SC. Ainda cabem recursos. O advogado de defesa Jaison da Silva afirma que serão apresentados embargos de declaração.

Sandra foi condenada a 21 anos de prisão pelo júri em 29 de junho de 2018. Ela foi presa logo em seguida, mas acabou solta poucos dias depois porque o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu-lhe liminar para que inicie o cumprimento da pena somente após condenação em segundo grau.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio