A decoração natalina, além de fazer com que as pessoas entrem no espírito da época mais bonita do ano, é muito importante para o comércio. Para os lojistas, todo ano surge o desafio de criar a ornamentação da loja, desde as vitrines até o espaço interno.

Neste ano, na loja Pele de Seda, no Centro de Brusque, o espírito natalino chegou de bicicleta. “A ideia era contar uma história”, explica a gerente Rosita Dada Bruns. Para esse conceito diferente, decidiram incorporar à decoração uma bicicleta antiga, de propriedade da família do marido dela, e enfeitar a loja a partir do cenário criado com ela.

“Muita gente acha que é sorteio, querem participar do concurso para ganhar a bicicleta”, conta Rosita. Porém, para a tristeza de muitos, é apenas decorativa e não está à venda. A família do esposo da gerente tem uma ligação forte com a bicicleta, que pertenceu à sogra, Gisela Borck Bruns, já falecida.

Segundo Rosita, Gisela comprou a bicicleta da marca alemã Monark por volta da década de 1950, quando começou a trabalhar. “Ela ainda era solteira na época. Depois de anos, a bicicleta ficou guardada e meio ‘abandonada’.”

Bicicleta pertenceu à sogra de Rosita e foi comprada na década de 1950 | Natália Huf

Mas isso só até que um dos filhos de Gisela decidisse reformar a bicicleta. A restauração foi feita com um morador do bairro Azambuja que é especializado neste tipo de serviço, e foram utilizadas apenas peças originais da marca alemã. Alguns dos itens, como a sineta, ainda são os originais da bicicleta e nunca foram trocados.

Conceito especial
“Queríamos contar como o Natal acontece no mundo. A bicicleta é antiga, é um item de família, e o Natal é uma ocasião especial”, diz Rosita. “Precisa de muito amor para montar essa decoração. Nossos clientes são especiais para nós e queremos deixar o lugar na melhor forma para atendê-los.”

O espírito natalino contagia a todos que entram no local: segundo Rosita, os clientes estão adorando. “É como se estivessem entrando em um sonho”, comenta.

Ela conta que, para montar a decoração natalina, é feito um estudo intenso que começa ainda em setembro, meses antes da data. A equipe da loja faz pesquisas para a elaboração da ornamentação que, neste ano, levou cerca de uma semana para ser montada. “Só o pinheirinho levou dois dias.”

A loja está enfeitada desde a segunda quinzena de novembro e permanecerá assim até o Dia de Reis, celebrado em 6 de janeiro e data tradicional para a retirada da decoração.

Decoração levou uma semana para ser montada | Natália Huf

Você está lendo: Loja de Brusque inova e utiliza bicicleta antiga na decoração natalina


Veja outros conteúdos do especial:

– Introdução
– Papais Noéis relembram os pedidos mais inusitados e emocionantes que receberam das crianças
– Artesanato é uma alternativa para a decoração natalina
– Morador de São João Batista faz a alegria do Natal e leva Papai Noel para as crianças da cidade
– Funcionários da Havan fazem campanha solidária na Limeira Baixa
– Com peças que já tinham e produtos reciclados, casal fez a decoração natalina de casa
– Paróquias luteranas de Brusque organizam Café do Advento para angariar fundos para comunidade em São João Batista
– Moradora do Aymoré se surpreende ao saber que foi uma das vencedoras do concurso Natal Iluminado
– Para morador do Imigrantes, iluminação natalina é tradição de Guabiruba
– No Lageado Baixo, casa recebeu decoração natalina antes da mudança dos moradores

– Há 20 anos, Paulo Demarche abre as portas para visitação ao seu presépio

Deixe uma resposta