Lojas de Brusque apostam no Dia dos Pais para recuperar vendas baixas de inverno

CDL fará promoção especial para a data, com o objetivo de alavancar o setor

Lojas de Brusque apostam no Dia dos Pais para recuperar vendas baixas de inverno

CDL fará promoção especial para a data, com o objetivo de alavancar o setor

O comércio brusquense já registra bom movimento de compras para o Dia dos Pais. Os lojistas do setor de vestuário apostam na data comemorativa para recuperar, pelo menos em parte, as vendas abaixo do esperado de peças de inverno.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio-SC) realizou a pesquisa anual de intenção de compras. Foram ouvidas pessoas de oito cidades-polo, que responderam o questionário de 15 perguntas.

Segundo o levantamento, o catarinense pretende gastar, em média, R$ 155,19 para presentear o pai. De acordo com a Fecomércio-SC, o valor representa crescimento de 3% em relação a 2016 – quando a intenção era gastar R$ 150,69.

Na avaliação da federação do comércio do estado, o acréscimo de 3% equivale à inflação apurada no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos últimos 12 meses. O estudo conclui que as famílias têm percepção de que sua situação financeira melhorou, por isso acompanharam a inflação e atualizaram a previsão de gasto.

Além disso, a forma de pagamento preferida de 64,3% entrevistado foi à vista, em dinheiro. E outros 6,6% planejam pagar à vista, no cartão de débito, ou seja, praticamente 70% tem a intenção de não fazer parcelas.

A pesquisa da Fecomércio-SC também identificou quais serão os tipos de presentes preferidos dos catarinenses. Dos respondentes, 55% afirmou que dará roupas ou artigos de vestuário para o pai; em seguida, 12,5% disseram que irão presentear com perfume ou cosméticos.

Otimismo
O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque, Michel Belli, diz que grande parte do comércio brusquense já está com promoções ou ofertas para o Dia dos Pais. “A expectativa de vendas é boa”.

Neste ano, houve uma mudança no comportamento dos lojistas. Segundo Belli, quando a economia ia bem, os lojistas não costumavam fazer promoções, pois a venda era garantida. Mas agora a situação apertou, e muitos optaram por manter as ofertas, a fim de não perderem clientes.

A CDL também investirá mais em material de divulgação, afirma Belli. Uma promoção para o Dia dos Pais também será feita, como todos os anos. Contudo, o prêmio deverá mudar e não ser a tradicional churrasqueira. Os últimos detalhes da promoção estão sendo ajustados.

Segundo Natal
Para as lojas masculinas, o Dia dos Pais é a segunda data mais importante do ano, atrás somente do Natal. É o caso da JCanedo, focada em moda para homens, que está com promoções de até 40% de desconto.

Segundo o vendedor Edemilson Bueno, já há procura por presentes para os pais. “A meta é vender mais do que no ano passado”, afirma.

O Dia dos Pais é também uma oportunidade de vender as roupas de inverno. Bueno explica que muitas famílias vão à loja e compram mais do que o previsto, o que movimenta as mercadorias antigas.

A Hering também anunciou a coleção cápsula “tal pai, tal filho”, com peças voltadas ao Dia dos Pais. Foram criados modelos de camisetas, bermudas e bonés especificamente para pais e filhos.

Oferta sob demanda
A Ótica Schröder também tem no Dia dos Pais uma das principais datas do ano. Segundo a gerente Mariana Schröder, somente o Dia das Mães e o Natal são mais importantes.

No entanto, os consumidores passaram a gastar menos nos últimos anos. Por isso a ótica está com ofertas de relógios e outros artigos de valores mais baratos.

“Os relógios ainda são procurados”, diz a gerente. Os modelos mais baratos são os mais vendidos.


R$ 155,19
valor médio que o catarinense vai gastar

55%
dará roupas para o pai

64,3%
pagará à vista, em dinheiro

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio