Mais de 100 mil produtos piratas são apreendidos em camelô de Brusque

Produtos foram encontrados na rua Lauro Müller, no Centro

Mais de 100 mil produtos piratas são apreendidos em camelô de Brusque

Produtos foram encontrados na rua Lauro Müller, no Centro

Mais de 100 mil produtos piratas, foram apreendidos na manhã desta sexta-feira, 30 de novembro, em operação conjunta entre Polícia Civil e Militar de Brusque. As mercadorias, em sua maioria CDS e DVDS, foram confiscadas no camelô da rua Lauro Müller, no centro de Brusque.

De acordo com o delegado responsável pela Divisão de Investigações Criminais (DIC), Alex Bonfim Reis, a operação foi realizada em virtude da grande quantidade de reclamações de locadoras e videolocadoras do município.

Duas salas da delegacia de Brusque e mais um corredor, foram tomadas pela grande quantidade de produtos apreendidas na manhã da última sexta-feira. A operação teve início depois que mais de dez proprietários de locadoras brusquenses procuraram a polícia para reclamar da grande quantidade de mercadorias piratas que eram vendidas na cidade. 
– São pessoas que pagam seu tributos e impostos que nos procuraram para resolver a situação. Confiscamos todos os boxes do camelódromo – afirma o delegado. 
No total, dez pessoas foram conduzidas a delegacia e autuadas por crime contra propriedade imaterial. De acordo com Alex, os envolvidos terão de pagar três salários mínimos e serão liberados. Os produtos devem ser encaminhados ao fórum de Brusque e, posteriormente, à destruição. 
Apreensões podem continuar
De acordo com o delegado Alex, essa operação deve servir como um aviso para os demais comerciantes que vendem produtos piratas em outros pontos do município. 

– Nós estamos trabalhando durante toda a semana para evitar irregularidades aqui em Brusque. Recentemente fizemos outras apreensões e prendemos alguns suspeitos. Vamos continuar trabalhando para evitar essas pequenas infrações que acabam se agravando com o tempo – destacou.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio