Mais de três mil processos de menor complexidade tramitam no Juizado Especial de Brusque

Acidente de trânsito, contravenção penal, briga de vizinhos, perturbação de sossego, problemas com telefonia e até alguns crimes ambientais são as principas ações

Mais de três mil processos de menor complexidade tramitam no Juizado Especial de Brusque

Acidente de trânsito, contravenção penal, briga de vizinhos, perturbação de sossego, problemas com telefonia e até alguns crimes ambientais são as principas ações

O Juizado Especial Cível e Criminal de Brusque, atualmente instalado no Anfiteatro da Unifebe, no Centro da cidade, atende desde 2008 os processos de menor complexidade que tramitam no município. São mais de três mil ações, envolvendo pequenos acidentes de trânsito, contravenção penal, ameaça, briga de vizinhos, perturbação de sossego, problemas com telefonia e até alguns crimes ambientais.

O objetivo do órgão é agilizar os procedimentos mais simples, e o foco é sempre a conciliação. Quando a questão é resolvida com acordo entre as partes, o processo dura cerca de dois meses e termina na própria audiência conciliatória. Quando não há consenso, o julgamento é o próximo passo, e a decisão demora entre seis e sete meses para ser divulgada.

**Na edição do Jornal Município Dia a Dia desta terça-feira, 7 de fevereiro, você confere a entrevista com o juiz especial, Jeferson Isidoro Mafra, e fica sabendo como funciona o Juizado Especial em Brusque.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio