Manifestação da Acapra pede clínica veterinária pública em Brusque

Ato público ocorreu na manhã de domingo, 22, com início na Praça Barão de Schneeburg e contou com a participação de 60 pessoas

Manifestação da Acapra pede clínica veterinária pública em Brusque

Ato público ocorreu na manhã de domingo, 22, com início na Praça Barão de Schneeburg e contou com a participação de 60 pessoas

Cerca de 60 pessoas participaram, na manhã de ontem, da manifestação da Acapra, no Centro de Brusque. O objetivo da mobilização é a luta para a construção da clínica veterinária pública. O manifesto iniciou na Praça Barão de Schneeburg e seguiu em uma caminhada pela avenida principal, Cônsul Carlos Renaux, até a praça Sesquicentenário, em frente à prefeitura.

O vereador e voluntário da Acapra, Moacir Giraldi, conta que a intenção é seguir o exemplo das cidades de Itajaí e Blumenau, que possuem com a clínica pública. Ele ressalta que, hoje, a realidade de Brusque é bastante assustadora, pois é crescente o número da população de animais nas ruas da cidade.

Com o início das férias de fim do ano, ele acrescenta que os números aumentam ainda mais, pois muitas pessoas viajam e, por não ter como levá-los ou alguém para deixá-los, abandonam os animais nas ruas. “Esse é um problema público e até mesmo de saúde pública, pois sabemos que animais abandonados podem trazer doenças aos humanos, como a leishmaniose e a raiva”, comenta.

A luta pela construção da clínica é antiga. Diversas manifestações organizadas pela Acapra já chamaram a atenção ao tema. “Porém, esta foi a primeira manifestação com objetivo único. Estamos e ficaremos muito empenhados em cobrar mais e mais por esse feito na cidade”, garante Giraldi.

Segundo o vereador, a Acapra não tem condições de arcar com tratamentos em animais, apenas realiza os casos de emergência, como atropelamentos ou doenças graves. Por isso, precisam de um local para atender a todos os casos e recolher esses animais abandonados.

Orçamento previsto

O vereador Moacir Giraldi revela que em abril teve uma conversa com o prefeito interino, Roberto Prudêncio Neto, pedindo a construção da clínica veterinária pública. Na ocasião, o prefeito deu um sinal positivo de que o pedido da Acapra será atendido em 2016.

Porém, ainda assim as manifestações e atos públicos devem continuar para sensibilizar ainda mais pessoas. “Precisamos que a população fique atenta e cuide dos animais, pois sabemos que eles sentem o que sentimos e, merecem um carinho especial. Não podemos deixar que nossa realidade aumente ainda mais”, diz.

Giraldi revela que chegou a ver, por cima, o orçamento da prefeitura para o próximo ano, onde estavam previstos R$ 400 mil para a construção da clínica. “Ficarei em cima para que isso realmente aconteça. Comentarei o assunto e a manifestação na sessão de amanhã, na Câmara, para que o assunto não passe despercebido”, diz.

 

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio