Manutenção das ruas do Jardim Maluche é feita por moradores do bairro

Canteiros e calçadas no entorno de praça estão com mato alto e não recebem cuidados

Manutenção das ruas do Jardim Maluche é feita por moradores do bairro

Canteiros e calçadas no entorno de praça estão com mato alto e não recebem cuidados

Com a manutenção das ruas, canteiros e da praça sendo feita pelos moradores do bairro, a Associação de Moradores do Jardim Maluche reclama de negligência por parte da prefeitura. Os terrenos baldios e os canteiros do entorno da praça estão com o mato alto e não recebem cuidados.

Quem faz a manutenção e a limpeza da Praça do Maluche, segundo os moradores, é um funcionário da prefeitura, que trabalha das 6h às 10h, com uma máquina de cortar grama emprestada por um morador. “A da prefeitura quebrou, e ele ficou sem até conseguirmos uma”, conta a moradora Ivone Klabunde. Segundo ela, o funcionário faz a jardinagem da praça sozinho, já que a prefeitura não fornece maquinário nem equipe para ajudá-lo.

Ivone, que vive no bairro há 43 anos e é a residente mais antiga da rua Oscar Maluche, acredita que a região está “muito abandonada, olhando pelo preço do IPTU”. Os terrenos baldios na rua estão com o mato alto e, em alguns casos, impedindo a passagem na calçada. Algumas ruas do bairro estão sendo limpas pelos próprios moradores, conta Fernando Lucas.

“A associação de moradores é muito organizada, colabora com a limpeza e a manutenção do bairro”, diz o secretário de obras, Ricardo de Souza, que também informou que o roçado no bairro vai começar na próxima semana.

O atraso das atividades se deve às chuvas no mês de janeiro, que precisaram de obras emergenciais e interromperam a programação, e também devido ao déficit de pessoal: a secretaria, com 30 funcionários a menos para a manutenção dos bairros, precisou fazer um novo processo seletivo e contratação de pessoal para poder realizar as atividades nos bairros.

Lucas Emanuel da Silva, morador do Maluche, diz que o consumo de drogas, que era muito forte na região da praça, “diminuiu bastante de uns tempos pra cá”, e que o local tem iluminação à noite, além de manutenção da grama e do espaço da pracinha.

Fernando Lucas conta que o policiamento é esporádico e que as rondas não são comuns no entorno da praça. “Quando a praça foi construída, havia uma guarita e policiamento constante, porém, na gestão do prefeito Ciro Roza, ele tirou a guarda, tirou os brinquedos”, acrescenta.

Para o secretário, “é humanamente impossível dar manutenção para toda a cidade”. O presidente da associação de moradores do Jardim Maluche, Cleiton Tomaz, afirma que não faltam ofícios e reclamações por parte dos moradores: “a associação cobra, mas a prefeitura não entrega”.

Um exemplo citado por Tomaz foi o caso da rua Francisco Sassi, que, não tendo sido terminada pela prefeitura, foi continuada pelos próprios moradores, com doações de barro, grama e flores para os canteiros.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio