Margens de rua no bairro Cedrinho se tornam pequeno lixão a céu aberto

A via é usada para descarte de entulho, lixo, móveis usados e até para abandono de animais, conforme denúncias da população

Margens de rua no bairro Cedrinho se tornam pequeno lixão a céu aberto

A via é usada para descarte de entulho, lixo, móveis usados e até para abandono de animais, conforme denúncias da população

As margens da rua José Jacinto Cabral, no bairro Cedrinho, têm sido utilizadas como depósito de lixo diariamente. O crime ambiental veio à tona com uma publicação no Facebook feita nesta terça-feira, 26, pelo turismólogo da Secretaria de Turismo de Brusque, Ademir Moraes.

A denúncia feita pelo servidor municipal despertou a indignação de diversos usuários da rede social. Várias delas afirmaram que animais, vivos e mortos, são abandonados no local. Ademir Moraes, que utiliza a rua frequentemente para sair da cidade rumo ao litoral, decidiu gravar o vídeo após flagrar mais pessoas fazendo o depósito de lixo.

“Falo como cidadão. Muitas vezes a população critica o poder público pelo mau estado de conservação das ruas, e muitas vezes o problema está na população. Às vezes não dá para passar por ali com as janelas do carro abertas, de tão forte que está o cheiro”, critica Moraes. Ele também sugere denúncias à Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), à prefeitura e ao Ministério Público, além da aplicação de multas.

“Placas indicando a proibição de depósito de lixo e entulho são urgentes ali. Já entrei em contato com gente na prefeitura para agilizarmos isso e solucionarmos este absurdo já no início de 2018”, explica.

Até o momento da publicação desta notícia, o vídeo feito pelo turismólogo chegou a quase 15 mil visualizações, e sua postagem teve 245 compartilhamentos.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio