Mauro Ovelha está próximo de sair do Marcílio e afirma que parte administrativa é “praticamente amadora”

Técnico que defendeu o Brusque em 2016 e comanda elenco emprestado pelo quadricolor se diz insatisfeito no clube de Itajaí

Mauro Ovelha está próximo de sair do Marcílio e afirma que parte administrativa é “praticamente amadora”

Técnico que defendeu o Brusque em 2016 e comanda elenco emprestado pelo quadricolor se diz insatisfeito no clube de Itajaí

Acabou a paciência do técnico Mauro Ovelha com o Clube Náutico Marcílio Dias. O comandante, que defendeu o Brusque em 2016, afirmou que está insatisfeito com o modo que as coisas são realizadas no clube itajaiense e sua saída está sendo negociada. “Estou na verdade conversando com um pessoal que me trouxe para cá, estamos ainda tomando a decisão, mas tem chance de saída sim”, completa.

Contratado como ‘bombeiro’ pelo Marinheiro depois de quatro rodadas sem vencer e na última colocação do Catarinense Série B, Ovelha conseguiu reerguer o time – maior parte dele composta por atletas emprestados pelo Brusque -, mas nas últimas partidas a vitória não bateu mais na porta e a ascensão à elite estadual ficou bastante complicada.

A insatisfação vem principalmente da administração do rubro-anil, conforme explica o técnico. “Foi feito um acordo entre o clube e um investidor, mas só quem tá cumprindo esse acordo é o investidor. É um problema que vem ocorrendo nas últimas três semanas e a gente está frustrado em relação ao clube”, completa. Ele vai além ao explicar que se refere tanto à salário quanto à organização. “Envolve tudo, a parte administrativa é praticamente amadora, então logicamente que envolve a questão financeira também”.

Ovelha diz que não há relação entre sua possível saída e os atletas que compõe o elenco. “É algo particular meu, logicamente que os atletas seguem no clube se eu optar por sair”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio