Medida que proibia comercialização de eletrodomésticos é suspensa

Em reunião com Procons de Brusque e região, grupo Mabe se comprometeu a normalizar a prestação de assistência técnica

Medida que proibia comercialização de eletrodomésticos é suspensa

Em reunião com Procons de Brusque e região, grupo Mabe se comprometeu a normalizar a prestação de assistência técnica

A medida que determinou, no dia 28, a suspensão da venda de eletrodomésticos das marcas Dako, Bosch, Continental e General Electric – todas do grupo Mabe – foi cancelada nesta quinta-feira, 30 de janeiro, em audiência realizada entre representantes da empresa e o Procon de Brusque. A fabricante se comprometeu a normalizar a prestação de assistência técnica, e a venda destes eletrodomésticos está liberada.

Nos últimos meses, uma série de reclamações da falta de assistência técnica das quatro marcas chegou ao Procon, que realizou nesta semana a apreensão dos produtos existentes nas lojas de Brusque. Com isso, foi proibida a comercialização dos eletrodomésticos do grupo Mabe por cinco dias.

Dois dias depois, no entanto, a medida já não vale mais. Na manhã de quinta-feira, 30, em Blumenau, o departamento jurídico do grupo Mabe, em reunião com os Procons de Brusque, Blumenau, Indaial e Timbó, se comprometeu a resolver todas as situações que geraram processos aos órgãos de defesa do consumidor.


>> Leia matéria completa na edição do Jornal Município Dia a Dia desta sexta-feira, 31 de janeiro
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio