Menino de oito anos é feito refém pelo próprio pai

Reginaldo Bresan da Costa manteve o menino preso em sua residência por mais de duas horas

Menino de oito anos é feito refém pelo próprio pai

Reginaldo Bresan da Costa manteve o menino preso em sua residência por mais de duas horas

Reginaldo Bressan da Costa, de 41 anos, manteve o filho em cárcere privado por mais de duas horas na noite de ontem. A criança tem oito anos, é autista e permaneceu dentro de um quarto com o pai que o ameaçava com uma faca.

De acordo com Marcio Bressan, primo de Reginaldo, ele tem problemas com o vício de álcool e drogas e já foi internado diversas vezes. “Ele tem alguns problemas mas nunca havia feito isso antes, ameaçar a vida do próprio filho, que não oferece risco algum, afinal ele é autista e mudo. A família inteira está chocada”, lamenta.

Costa mora com o filho na rua Elvira da Silva, no bairro Limeira, nos fundos da casa de um tio. Os dois moram sozinhos na residência e de acordo com familiares, ele chegou em casa por volta das 17h visivelmente embriagado e passou a ameaçar o garoto com um faca dizendo que iria matá-lo. “Ele (o menino) está muito assustado, provavelmente não entende o que está acontecendo, tá em estado de choque. Espero que a polícia consiga tirá-lo de lá em segurança, porque ele não merece passar por tudo isso, sendo tão pequeno”, revela Bressan.

O caso chamou a atenção dos vizinhos e mobilizou as equipes da Polícia Militar de Brusque, que isolou o local e tentou negociar a saída de Costa e a liberação da criança, mas diante da resistência do agressor, foi necessário chamar o reforço do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Florianópolis.

A equipe chegou no local por volta das 18h30 e depois de tentar negociar com o pai do garoto, por mais de uma hora, os policiais invadiram o cômodo onde ele mantinha o filho refém e resgataram a criança, que não teve ferimentos e recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros. Costa foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio