Mercado de Pulgas reúne colecionadores em Brusque

Mais de 35 expositores participaram do evento que no ano que vem terá duas edições

Mercado de Pulgas reúne colecionadores em Brusque

Mais de 35 expositores participaram do evento que no ano que vem terá duas edições

Máquina de escrever, vitrolas, bicicletas e vinis foram alguns dos objetos expostos no 2º Mercado de Pulgas de Brusque, que reuniu colecionadores e admiradores de antiguidades durante o fim de semana, 9 e 10 de novembro, no pavilhão de eventos Maria Celina Vidotto Imhof.

Vilmar Araldi, um dos organizadores do evento, diz que o Mercado de Pulgas de Brusque nasceu inspirado nos grandes bazares ao ar livre ao redor do mundo. “Sempre víamos essas feiras em outras cidades, e então resolvemos experimentar aqui em Brusque para ver se daria certo. Estamos muito felizes, porque o público de Brusque abraçou a ideia, participam, compram e se divertem. Nos dois dias de exposição recebemos um público muito bom”, declara.

Galeria

O evento, que começou pequeno, neste ano já tomou proporções maiores e, na próxima edição pretende ser ainda maior. “No ano passado começamos com 12 expositores. Neste ano, triplicamos, e estamos com mais de 35. Foi um evento que deu muito certo. Para o ano que vem, temos a intenção de fazer duas edições: uma no início do ano, e a outra no fim”, destaca.

Além de expositores brusquenses, o Mercado de Pulgas reuniu colecionadores de várias cidades do Estado. “Expositores de outras cidades vieram participar como Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, Timbó, Guabiruba. Em Blumenau, inclusive, eles até tentaram fazer algo parecido, mas lá o público não se interessou como aqui em Brusque”, ressalta.

>> Leia a reportagem completa na edição do Jornal Município Dia a Dia desta segunda-feira, 11 de novembro
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio