Mercado é assaltado pela terceira vez no ano

Ladrões armados fizeram funcionários de refém e roubaram o estabelecimento localizado no bairro Santa Luzia

Mercado é assaltado pela terceira vez no ano

Ladrões armados fizeram funcionários de refém e roubaram o estabelecimento localizado no bairro Santa Luzia

Pela terceira vez no ano o Mercado Mapri, que fica na rua Walter Barteld, bairro Santa Luzia, foi alvo da criminalidade. O último assalto aconteceu na segunda-feira, 11, à noite. Ladrões armados fizeram funcionários de refém e roubaram o estabelecimento. O valor levado não foi divulgado. Diego Klann, proprietário do Mapri, cobra mais policiamento no bairro para evitar que a situação se repita. Para o empresário, a estratégia da PM está errada porque foca na área central. “A gente vai para o Centro, na praça, e tem polícia. Aí vem para os bairros, onde as coisas estão acontecendo, e não tem nada”, diz.

Sobre o último assalto, Klann conta que, por volta de 19h45 de segunda, uSanta m GM Vectra preto estacionou atrás do muro da igreja católica que fica ao lado do estabelecimento. Dele desceram dois homens, um armado com um revólver e outro, com uma pistola. Neste momento, três funcionários iam embora, pois o mercado fecha às 19h30. Os bandidos mandaram eles voltar, porém, um deles saiu correndo. “Quando ele passou pelos bandidos, eles gritaram para ele parar, mas ele continuou até em casa”, diz Klann. Os outros dois foram levados até o açougue e ficaram ali junto com um dos criminosos, enquanto Diego era forçado a levar o outro comparsa até os caixas. Eles pegaram o que tinha no caixa e fugiram no Vectra, em direção a São João Batista. A Polícia Militar foi chamada antes mesmo da ação acabar, pois o funcionário que fugiu foi até em casa, que fica perto do mercado, e acionou a polícia.

Assim que os ladrões fugiram, Klann pegou seu carro e foi atrás deles junto com a PM. Ele diz que foi até a localidade da Claraíba, mas aí desistiu porque o Vectra estava muito rápido. A PM acionou as guarnições de São João Batista e Nova Trento, contudo, ninguém foi preso.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio