Ministério das Cidades pré-aprova projeto da margem esquerda da Beira Rio

No entanto, aval final só será formalizado pelo BRDE no ano que vem

Ministério das Cidades pré-aprova projeto da margem esquerda da Beira Rio

No entanto, aval final só será formalizado pelo BRDE no ano que vem

O projeto do prolongamento da margem esquerda da avenida Beira Rio foi pré-aprovado pelo Ministério das Cidades. A informação foi repassada à Prefeitura de Brusque na sexta-feira, 1º.

O ministério é o responsável pelo programa Avançar Cidades, pelo qual a obra será financiada. “Na sexta-feira, às 19h, recebemos a notícia de que fomos pré-selecionados para receber os cerca de R$ 24 milhões para a margem esquerda”, afirma Andrea Volkmann, diretora-geral do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI).

A pré-aprovação é o primeiro passo para que o prolongamento saia do papel. Segundo Andrea, agora é necessário que o projeto de lei que foi enviado à Câmara de Vereadores seja aprovado.

Simultaneamente ao projeto, o DGI irá trabalhar em cima dos estudos técnicos relativos à obra. Esses documentos deverão ser enviados ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que é o operador financeiro e técnico do financiamento.

“As coisas estão se encaminhando, mas só terei a aprovação final no ano que vem”, diz a diretora-geral.

Câmara
O projeto de lei que autoriza a prefeitura a contrair o financiamento junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) foi enviado à Câmara de Vereadores no dia 7 de novembro.

Neste momento, ele está na Comissão de Constituição, Legislação e Redação (CCLR), cujo relator é Marcos Deichmann. A CCLR fará um parecer sobre a legalidade do projeto, que será votado antes da matéria principal em plenário.

Obra
O trecho a ser prolongado terá início na ponte Mário Olinger, perto do Corpo de Bombeiros, e irá até a ponte João Libério Benvenutti, perto do clube Santos Dumont, por 4 quilômetros de extensão.

O projeto prevê a infraestrutura para que a margem esquerda passe por baixo das pontes dos Bombeiros e do Santos Dumont. Haverá também enrocamento em alguns trechos, assim como uma ponte e uma laje.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio