Morador de Brusque recebe multa por pilotar moto sem cinto de segurança em Camboriú

Ele sequer estava no local no momento da multa e recorreu, sem sucesso

Morador de Brusque recebe multa por pilotar moto sem cinto de segurança em Camboriú

Ele sequer estava no local no momento da multa e recorreu, sem sucesso

Um morador de Brusque levou uma multa de trânsito em Camboriú por ter dirigido uma motocicleta Honda PCX-150 sem cinto de segurança. A “infração” teria sido cometida em 18 de agosto de 2018, por volta das 14h55.

O homem apresentou o recurso em 14 de setembro, que foi indeferido em 23 de outubro. Ele tentará novo recurso. Além do absurdo claro de receber uma multa por não utilizar cinco de segurança em uma motocicleta, ele alega que sequer estava em Camboriú na data da multa, mas sim trabalhando na Festa de Azambuja, em Brusque.

O valor da multa, que vence em 31 de janeiro, é de R$ 195,23. A “infração” ainda foi considerada grave e rendeu cinco pontos na carteira de motorista.

Caso repetido
Um caso semelhante ocorreu ainda em janeiro, também em Camboriú. Uma mulher foi parada em uma blitz pela Polícia Militar enquanto conduzia sua motocicleta. Antes de ser liberada, o policial fez uma observação sobre a necessidade do uso de óculos. Depois de 16 dias, veio a notificação da multa por dirigir sem cinto de segurança.

Sobre este caso, o comando da Polícia Militar de Camboriú informou à NSC TV que ocorreu falha humana, em que algum policial inseriu informações erradas no sistema, como o número da placa ou o tipo de infração.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio