Cachorro acompanha ciclista de Brusque por mais de 270 km

Fernando Imhof foi e voltou de Garuva com o animal na cestinha no fim de semana

Cachorro acompanha ciclista de Brusque por mais de 270 km

Fernando Imhof foi e voltou de Garuva com o animal na cestinha no fim de semana

Os laços de amor entre Fernando Imhof, de 40 anos, e seu cachorro Uber foram estreitados no último fim de semana. Isso porque o morador do bairro São Luiz decidiu viajar de bicicleta de Brusque até Garuva, no Norte do Estado, e levar o seu companheiro junto com ele.

Num baú de motocicleta improvisado, fixado à bike, Uber – um vira-lata de cerca de dois anos – curtiu o trajeto de cerca de 160 quilômetros. Essa foi a primeira vez que Imhof fez uma viagem tão longa com o cão a bordo.

O brusquense, que já foi atropelado e quebrou uma costela, tem uma doença chamada fascite plantar – inflamação de uma faixa espessa de tecido que liga o osso do calcanhar aos dedos – e adora pedalar por hobby. No entanto, o prazer pelo esporte cresceu no começo deste ano, quando ele adotou Uber.

Em uma de suas andanças de bicicleta por Botuverá, Imhof encontrou o cachorro bastante fadigado, deitado no capim à beira da estrada, e naquele mesmo momento lhe trouxe no colo até Brusque. O nome Uber, segundo ele, veio disso. “Eu trouxe ele de carona na bike e ele tem se tornado um grande companheiro de estrada”.

Sempre que o dono vai pedalar, o pequeno cachorro, de sete quilos, vai atrás. Com o objetivo de proporcionar para ele uma nova experiência, Imhof então decidiu levá-lo até Garuva, onde visitou um casal de amigos no sábado, 2.

Os companheiros saíram de Brusque às 7h e chegaram a Joinville às 16h30. De lá seguiram de carro até Garuva. No domingo, 3, saíram às 5h e chegaram no município no começo da tarde. Entre a ida e a volta foram mais de 270 km percorridos.

“O Uber curtiu muito o passeio. Ficava olhando o movimento da BR e dava alguns cochilos. Cada cheiro diferente deixava-o inquieto”, conta Imhof, que encontrou no caminho alguns andarilhos que também viajam com cães.

Para o morador do São Luiz, que pretende fazer novas viagens ao lado do companheiro, a experiência foi única e serviu para aproximá-los ainda mais. “O Uber é meu grande companheiro. Quando conto que lhe adotei todos ficam admirados. Poder pedalar com ele me motivou e até melhorou meu rendimento na estrada”, destaca.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio