Moradores acompanham abertura da 22ª edição dos Jogos Comunitários de Guabiruba

Equipes estão com grandes expectativas para serem as vencedoras da competição

Moradores acompanham abertura da 22ª edição dos Jogos Comunitários de Guabiruba

Equipes estão com grandes expectativas para serem as vencedoras da competição

Nem a forte chuva que caiu na tarde deste sábado, 9, impediu o público de comparecer a abertura da 22ª edição dos Jogos Comunitários de Guabiruba. O evento foi realizado no ginásio de esportes João Scheffer, localizado no Centro.

Neste ano, participarão aproximadamente 2 mil pessoas que disputarão as 38 modalidades. As competições ocorrem entre sábado e quinta-feira e cada dia é reservado para um tipo de esporte.

As disputas acontecem entre 9 de março e 26 de maio. Os vencedores serão premiados no dia de aniversário da cidade – 1º de junho – durante a Festa da Integração.

Em seu discurso de abertura, Matias Kohler, o prefeito de Guabiruba, enfatizou que os jogos comunitários são uma tradição no município há 22 anos e desejou uma boa competição aos participantes.

Cerimônia contou com a presença de autoridades e moradores da cidade/Foto: Eliz Haacke

Ele considera que o campeonato é uma oportunidade das comunidades disputarem modalidades esportivas e criarem uma convivência harmônica. “Dentro desse cenário é um momento importante para nós que primamos pela disciplina, pela ordem e pelo respeito mútuo em todas as competições”, enfatiza.

Kohler espera que na 22ª edição a conduta dos anos anteriores se repita. “Esperamos que haja vencedores e vencidos, mas que ao final sejamos todos campeões”, declarou.

Valmir Zirke, vice-prefeito da cidade, agradeceu a presença dos moradores do município e também solicitou que a competição “esse ano seja de respeito como nos outros anos”.

Mudanças na 22ª edição
A secretária de esportes e lazer de Guabiruba, Márcia Hochsprung Watanabe, explicou que para esse ano foi feita uma mudança na forma de disputa. Em anos anteriores, as equipes que disputavam os jogos e perdiam, caiam da competição. Neste ano, a pedidos de vários atletas, a organização fez duas chaves.

O campeão da edição passada ficará na chave A, que será composta por três bairros, e o vice-campeão na chave B, que contará com quatro equipes. “O primeiro colocado de cada chave já vai direto para a semi-final, o segundo e terceiro vão se cruzar para saber quem são os outros dois semi-finalistas”, esclarece.

Para ela, a mudança será positiva para todo o campeonato. “Tinha aquela soberania de alguns bairros sempre serem campeões e esse ano acho que as equipes mais fracas talvez consigam chegar a disputar uma final também”, afirma.

Aymoré e São Pedro foram os primeiros times a jogaram neste sábado/Foto: Eliz Haacke

Márcia também considera importante a presença do público que às vezes tem vergonha de jogar, mas gosta de estar presente assistindo aos jogos. Ela afirma que grande parte da população gosta de praticar esportes e pede que todos se divirtam dentro da quadra, mas que também mantenham o respeito fora do espaço.

Roque Hassmann, diretor de esportes, explicou que quando a secretaria começou a organizar a competição foi pensado na disciplina e a amizade entre os atletas. Ele enfatiza aos participantes que eles devem competir dentro da quadra, pois fora dela são todos amigos.

Grandes expectativas
O Imigrante, atual campeão dos Jogos Comunitários de Guabiruba, procura nesta 22ª edição o bicampeonato. O coordenador da equipe, Marcio Pereira, informou que 70 moradores do bairro participarão das 38 modalidades. “É o menor bairro da cidade, por isso as pessoas tendem a jogar mais modalidades”.

Ele garantiu que a equipe está fazendo de tudo para manter o título de campeão. Com a mudança para duas chaves, ele acredita que haverá modalidades que o bairro terá vantagem. “O naipe masculino é muito forte. Então se a gente conseguir fazer uma pontuação no feminino também, nós temos uma boa chance de conseguir esse título novamente”, pontua.

Estúdio Maiara Eleutério fez uma apresentação de dança da música “Shake It Off”/ Foto: Eliz Haacke

O morador do bairro São Pedro, Wagner Lofhagen, afirma que a equipe fica feliz com o ginásio lotado e a recepção calorosa dos moradores. Ele também enfatiza que o bairro vai correr atrás do título de campeão.

Após a abertura da 22ª edição dos jogos comunitários, o grupo de dança do Estúdio Maiara Eleutério fez uma apresentação de dança. Na sequência, foi dado início as competições do futsal masculino com o jogo entre Aymoré x São Pedro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio