Moradores da região presenciam fenômeno climático no Morro do Barão

Estalactite de gelo ocorre quando as temperaturas ficam em torno de 0°C

Moradores da região presenciam fenômeno climático no Morro do Barão

Estalactite de gelo ocorre quando as temperaturas ficam em torno de 0°C

Moradores da região que acampavam no Morro do Barão, limite entre os municípios de Brusque, Botuverá e Nova Trento, presenciaram na manhã de ontem uma formação de gelo congelado em meio à mata.

Chamado de estalactite de gelo, o fenômeno acontece quando as temperaturas ficam em torno de 0°C, conforme explica o meteorologista Marcelo Martins da Epagri/Ciram. Ele destaca que a formação de gelo é relativamente comum, já que a água escorre de algo que não vem da atmosfera, geralmente de encostas ou pedras, como neste caso.

Daniel Mafra, de 26 anos, morador do bairro Cedro Alto, é um dos integrantes do grupo que subiu o morro de 1.148 metros de altitude. Ele conta que as formações de gelo já estavam assim quando acordaram, por volta das 7h, e que quando saíram, perto das 10h, ainda estavam lá, intactas.

Os moradores não possuíam termômetro, mas deduzem por temperaturas de locais próximos, de que estava cerca de – 5°C. “O ponto de congelamento era bem forte, assim que tiramos a lona de cima da barraca, toda a água que escorreu, congelou em minutos”, conta.

Os amigos haviam se deslocado ao morro na segunda-feira, 17, à tarde, com a esperança de ver neve e retornaram as suas cidades na manhã desta terça-feira.

1,3°C em Guabiruba
Guabiruba foi o município que registrou a menor temperatura da região, nos pontos medidos pelas réplicas de estações meteorológicas de Ciro Groh, blogueiro do jornal. No Lageado Alto, às 7h15, marcou 1,3°C – uma das mais baixas temperaturas da região. No Aymoré também fez muito frio, com registro de 4,3°C às 7h30.

Em Brusque, a mínima de 3,1°C foi registrada no Santa Luzia, entre 7h43 e 8h20. No Centro, foi 5,3°C às 7h15 e no Rio Branco, 5,6°C, no mesmo horário. [Ver no detalhe]

Frio continua
O frio continuará durante o restante da semana, especialmente hoje. O meteorologista da Epagri diz que haverá tempo estável com predomínio de sol, poucas nuvens e sem indicativo de chuva. O ar segue frio com temperatura baixa no período noturno com formação de geada nas próximas duas madrugadas para o Vale do Itajaí de uma forma geral.

Durante o dia, o frio será generalizado e à noite será de céu claro, por isso, a perda de radiação que chega durante o dia, resfria muito o ar. A temperatura máxima que pode ser registrada em Brusque hoje é 15°C.

Martins destaca que deve ocorrer geada em todas as regiões do estado, especialmente em áreas mais altas. Amanhã, o frio perde um pouco de força, mas ainda pode ocorrer geadas no Oeste, Meio Oste e Planalto Sul de Santa Catarina.

Em busca da neve na Serra

Moradores de Brusque e Botuverá viajaram cerca de 200 quilômetros para ver de perto a neve em Urubici, na Serra catarinense. Alguns conseguiram e outros não, porém, a emoção de presenciar o fenômeno foi “indescritível”, disseram à reportagem.

A auxiliar administrativo Ana Paula Delcastanher Baumgartner, 26 anos, do Centro de Brusque, e as amigas Isabela Bittencourt, 29, empresária do Guarani; e Josiele Leoni, 21, auxiliar administrativo do Centro de Botuverá, decidiram deixar os esposos trabalhando na segunda-feira, 17, e ir em busca da neve.

Elas chegaram por volta das 18h30 em Urubici e se hospedaram em uma casa. Depois foram saborear um fondue e então se prepararam para ir ao morro Mundo Novo, onde poderiam ver a neve.

Durante três horas as jovens ficaram no local, no entanto, não tiveram a sorte de ver o fenômeno, o que para elas não foi motivo de desânimo. Durante este período, a temperatura ficou em torno de -4°C, teve um forte vento, seguido de chuva e também geada.

Ana Paula conta que a estrada precisou ser fechada e que os veículos chegavam a derrapar, além dos limpadores dos carros não funcionarem. “Desistimos e então voltamos para a casa onde ficaríamos à noite, mas foi muito bom e divertido. Por termos decidido em cima da hora foi uma ótima experiência, um passeio maravilhoso”, conta.

As amigas ainda aproveitaram o dia de ontem para passear pela Serra do Corvo Branco e depois retornaram para Brusque.

Assim como elas, a gerente administrativo do Centro de Brusque, Jaqueline Cadore, 35, e o esposo Alessandro de Souza, 40, foram com os filhos Isadora Cadore de Souza, 9 e Enzo Cadore de Souza, 5, para Urubici. A dona de casa Sueli Aguiar Alicke, 50, e o empresário Arthur Alicke, 52, com o filho Felipe Alicke, 9, acompanharam a família nesta viagem em busca de neve.

Os amigos, que também foram na segunda-feira para a Serra, tiveram mais sorte e puderam acompanhar o fenômeno climático.

Por volta das 15h eles chegaram na cidade, se hospedaram em uma pousada e “cheios de roupas” pegaram a estrada que os levou para um morro de 1,8 mil metros de altitude. Neste local eles puderam ver cair os primeiros floquinhos de neve, às 20h36. A sensação térmica era de -8 °C.

“Estava muito frio, as crianças com cachecol e gorro não aguentavam. Meu filho falava – mãe, meu nariz está congelando”, conta Jaqueline.

A alegria de ver a neve cair durou pouco, apenas cerca de 15 minutos. Depois, começou a chover. Mas, para a gerente, foi o suficiente para deixá-los felizes. Essa foi a primeira vez que toda a família viu a neve. “As crianças adoraram”, diz Jaqueline, que afirma que as portas do carro não abriam porque as fechaduras tinham congelado. A máquina fotográfica profissional também congelou.

A família e os amigos retornaram para Brusque na manhã de ontem mais animados e com a expectativa de que esfrie mais ainda, para que em breve, possam retornar à Serra. “Nunca passamos tanto frio, mas valeu a pena o esforço”.

A menor temperatura do estado foi registrada no Morro da Igreja, em Bom Jardim da Serra, com -7,4°C, seguida do Morro das Antenas, em Urupema, com -6,7°C. Com o frio intenso e os ventos entre 30km/h e 40km/h, a sensação térmica nos dois locais chegou a -27°C. Em São Joaquim, a mínima foi de -5°C, e em Água Doce, -4,3°C.

Na segunda-feira, 17, chegou a cair chuva congelada por alguns momentos, especialmente em Urupema. Também houve registro de flocos de neve, sem acumular no chão, em Irani, Água Doce, Fraiburgo, Urupema, São Joaquim e Rancho Queimado.

 

 

Temperaturas mínimas desta terça-feira, 18

Guabiruba

1.3°C – Lageado Alto
4.3°C – Aymoré

Brusque

3.1°C – Santa Luzia
5.3 – Centro
5.6°C – Rio Branco

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio