Moradores de Brusque fazem sucesso com página de humor sobre rivalidade Grenal

Rir do Inter Não Tem Preço acumula mais de 260 mil curtidas no Facebook

Moradores de Brusque fazem sucesso com página de humor sobre rivalidade Grenal

Rir do Inter Não Tem Preço acumula mais de 260 mil curtidas no Facebook

O tecelão e assistente de mecânico Maurício Melo, de 30 anos, e o corretor de imóveis Rodrigo de Moura, de 36, moradores de Brusque, brincam com a rivalidade entre Grêmio e Internacional no Facebook com a página Rir do Inter Não Tem Preço, que já soma mais de 260 mil curtidas. O perfil no Instagram tem mais de 28 mil seguidores.

Foi Melo quem resolveu criar, sem pretensão alguma, a página Rir do Inter Não Tem Preço no Facebook, em 2012. Com o nome baseado no slogan utilizado pela bandeira de cartões MasterCard, a página sequer foi divulgada, e seu criador se esqueceu dela até ver que a quantidade de curtidas continuava aumentando, em 2015.

Veja também:
Responsável por rifa beneficente diz que entregará o valor após comprovante da compra da prótese 

Animais domésticos soltos provocaram infestação de carrapatos no bairro Limeira 

Em reviravolta, projeto que proíbe canudos plásticos em Brusque é rejeitado pelos vereadores

 

“Só três anos depois, em 2015, a página pegou de vez, e ali eu já sabia fazer os memes, as piadas. Mas em 2016, ano do rebaixamento do Inter, explodiu”, explica o gremista. Com o tempo, foi necessário ter a ajuda de outros tricolores para o hobby funcionar. Veio Moura, que também mora em Brusque, e outros dois, que vivem fora do município. No Instagram e no Twitter, Melo é o único administrador.

Melo também é um dos criadores da torcida organizada do Grêmio chamada Borrachos de Brusque, que organiza excursões para as partidas do clube. De acordo com ele, nenhum dos administradores ganha dinheiro com a página. No entanto, há uma troca de favores para a divulgação de uma marca de energéticos, que é de um amigo, cônsul da torcida gremista em Brusque.

Humor leve
Hoje, o humor da página é leve. As piadas são sempre sobre o arquirrival do Grêmio, ou exaltando o tricolor gaúcho. As postagens são feitas no tempo livre, no fim da tarde, à noite ou durante as partidas do Grêmio ou do Internacional.

“No começo, as piadas eram mais pesadas, inapropriadas, impensadas. Com o crescimento da página, foi necessário rever e tomar mais cuidado, principalmente a partir das 50 mil curtidas. Importante evitar piadas que envolvam questões raciais e ligadas aos movimentos LGBT, que são delicadas. O pessoal que ajuda é orientado sobre isso”, explica Melo. A exposição da marca de energéticos também foi um freio para evitar questões mais radicais ou de cunho preconceituoso.

Veja também:
Bruscão apresenta documentação inicial para construção da Arena Havan

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Ingressos, preços, cardápio: o Guia Digital do Festival Brasileiro da Cerveja realizado em Blumenau

“Já não ganhamos nada com a página, então que a gente não cause problemas para nós mesmos. É algo de brincadeira, sem confusão, tem que ser leve. É rivalidade, não inimizade”, comenta Moura.

Melo relata que um dos únicos problemas com o qual a página se envolveu foi quando foi feito um meme utilizando uma foto de um torcedor do Internacional chorando nas arquibancadas. O próprio torcedor colorado entrou em contato pedindo a exclusão da postagem do meme, e foi atendido.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio