Moradores de Guabiruba aderem à Rede de Vizinhos

Programa começou a ser implantado no município na última semana e tem atraído a população

Moradores de Guabiruba aderem à Rede de Vizinhos

Programa começou a ser implantado no município na última semana e tem atraído a população

Em fase de implantação em Guabiruba, o programa Rede de Vizinhos já despertou o interesse da população. Nas últimas semanas, por meio das redes sociais, o 1º Grupamento da Polícia Militar do município fez divulgação do projeto e atraiu três grupos dos bairros Pomerânia e Centro.

Na próxima semana serão realizadas algumas reuniões com os moradores interessados a fim de explicar o funcionamento do programa e entender as necessidades dos grupos.

O sargento Weverton Martins Brandão, comandante do grupamento, avalia que a maior importância da Rede de Vizinhos é a questão da praticidade dos moradores poderem se comunicar entre si e também com a polícia.

“O programa consiste na criação de um grupo de WhatsApp (aplicativo de mensagens para celulares) ou similar, ou na área comercial pode ser usado o radioamador, com objetivo de trocar informações ou repassar qualquer eventual orientação”, diz.

Entretanto, Brandão alerta que a Rede de Vizinhos não substitui a ligação ao 190, que deve ser acionado sempre em caso de suspeita ou flagrante de algum crime. “As coisas mais simples e que influenciam na segurança, assim como esclarecimento de dúvidas podem ser feitas pelo grupo, pois em cada um haverá um policial para orientar os moradores”, explica.

Conforme a população apresenta o interesse em participar do programa, a PM do município realiza o levantamento do bairro para saber qual será a área de abrangência do grupo. “Nossa intenção é que seja criado um grupo em que os participantes sejam moradores de, pelo menos, até três ruas próximas”, comenta o sargento. Ele acrescenta que não seria viável fazer um grupo para cada bairro por conta do distanciamento das ruas.

O programa Rede de Vizinhos, criado pela Polícia Militar de Santa Catarina, tem se expandido em diversas cidades do estado. Brusque também já aderiu ao projeto e diversos grupos já foram criados.

Em Guabiruba houve o desejo de implantação tendo em vista a grande participação da comunidade com a polícia. “Muitas pessoas procuram o grupamento para passar informações de tráfico ou pessoas suspeitas. Às vezes, não são informações de crimes que ocorrem naquele momento, mas de atitudes suspeitas que se estendem por dias”.

Na avaliação do sargento Brandão, o programa Rede de Vizinhos auxiliará a polícia de Guabiruba a coibir os crimes de furto, roubo e tráfico de drogas que também são a prioridade da PM. Quem tiver interesse em participar do programa deve procurar o sargento Brandão, na sede da Polícia Militar.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio