Morre João Carlos de Carvalho Silva, o Indião, funcionário do Brusque

Ele foi encontrado morto em seu apartamento, no Centro, por colaboradores do clube

Morre João Carlos de Carvalho Silva, o Indião, funcionário do Brusque

Ele foi encontrado morto em seu apartamento, no Centro, por colaboradores do clube

João Carlos de Carvalho Silva, o Indião, foi encontrado morto em seu apartamento no Centro, no início da tarde desta terça-feira, 24. Indião é reconhecido pelos cerca de dez anos de serviços prestados ao Brusque Futebol Clube exercendo múltiplas funções.

Foram colaboradores do time que, após notarem sua ausência, o encontraram. Indião, de 63 anos, faleceu de causas naturais, após sofrer um mau súbito.

Natural da cidade de Cruz Alta (RS), sempre teve sua história ligada ao Brusque. Participou de momentos vitoriosos do clube, como as conquistas da Copa Santa Catarina, Recopa Sul-Brasileira e Série B do Campeonato Catarinense.

O presidente do Brusque, Danilo Rezini, comentou com pesar o falecimento do supervisor do clube. “Neste momento, toda a diretoria, jogadores e comissão técnica do clube vivem momento de perplexidade em razão do ocorrido. Uma notícia triste, que pegou a todos de surpresa. O Brusque não perde apenas o seu supervisor de futebol, mas sim um cara que representa toda a paixão que um torcedor pode ter pelo Bruscão. Porque Indião, acima de tudo, era um torcedor fanático do clube”.

Para André Rezini, membro da direção de futebol do clube, o Brusque perde um grande aliado. “Uma pessoa correta, trabalhadora e, como se diz, ‘pau para toda obra’. Nos ajudou muito e sempre foi fiel a nós, aos atletas, enfim, fico até sem palavras para descrever o quanto ele foi importante”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio