Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

MP-SC propõe ação civil pública por irregularidade em nomeação no Samae de Brusque

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

MP-SC propõe ação civil pública por irregularidade em nomeação no Samae de Brusque

Página 3

Ação judicial
A 3ª Promotoria de Justiça de Brusque informou na tarde desta segunda-feira, 18, que ajuizou ação civil pública relacionada ao caso de suposta nomeação irregular de servidor comissionado no Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) pelo seu diretor-presidente, Roberto Bolognini. O processo, por ora, está em segredo de Justiça. O órgão encontrou irregularidades na nomeação e fez um pedido liminar, o qual certamente é no sentido de solicitar a exoneração do servidor. O caso está para análise da juíza Iolanda Volkmann, da Vara da Fazenda.

Informações à CPI
O MP-SC também compartilhou com a Câmara de Vereadores informações sobre o inquérito civil conduzido sobre o caso. Os documentos foram endereçados a pedido dos membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o caso. Eles haviam sido solicitados na semana passada e já estão em posse do presidente da comissão, vereador Marcos Deichmann. A próxima reunião do colegiado, entretanto, está marcada apenas para outubro, pois também foram solicitados documentos ao Samae.


Cobrir ofertas
O prefeito Jonas Paegle e o vice, Ari Vequi, receberam na tarde desta segunda-feira, 18, o presidente da AmpeBr, Ademir Jorge, e o diretor do Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd. Também participou da reunião o secretário de Governo e Gestão Estratégica, William Molina. Em pauta, Jorge e Gevaerd solicitaram que a prefeitura inicie a elaboração de um projeto de lei que garanta às empresas da região de Brusque a possibilidade de cobrir propostas de preço em licitações, em face de outras concorrentes do país.

Inconstitucional
Conforme a lei complementar federal 123/2006, as micro e pequenas empresas possuem alguns benefícios exclusivos na participação em licitações, tais como a preferência, caso ocorra empate na licitação, de apresentar novos preços para cobrir a melhor oferta. Entretanto, a segregação de empresa não por porte, mas por cidade em que está localizada, a primeira vista é flagrantemente inconstitucional, já que não há notícia de que isso encontre amparo em legislação federal, que é o que regulamenta as licitações.


Remessa ao MPF
O Ministério Público estadual remeteu ao Ministério Público Federal (MPF) denúncia protocolada na 3ª Promotoria de Justiça de Brusque, a respeito de supostas irregularidades no uso de imóveis do residencial Sesquicentenário, no bairro Limeira, enquadrado no programa Minha Casa Minha Vida. Como se trata de um programa federal, é do MPF a competência para investigar fatos a ele ligados.

Autorização de uso
A denúncia que foi encaminhada ao Ministério Público informou que a diretoria do condomínio (o denunciante não sabe citar nome das pessoas envolvidas) está abrindo os apartamentos que foram desocupados por famílias que não conseguiram pagar o financiamento ou até mesmo o condomínio; que, além disso, a diretoria está autorizando que outras famílias entrem nesses imóveis desocupados, sem qualquer autorização dos proprietários destes apartamentos e da Caixa Econômica Federal.


Na tribuna
O secretário da Agricultura de Guabiruba, Moacir Boos, estará na tribuna da Câmara na sessão marcada para a noite desta terça-feira, 19. Ele se inscreveu com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre a denúncia formulada pelo Ministério Público, em razão de supostas irregularidades no abatedouro de sua propriedade, alvo de operação que o interditou, algum tempo atrás.


Incentivos fiscais
O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, publicou decreto no qual concede incentivos fiscais à empresa ZM. O incentivo concedido refere-se à isenção de taxas de alvará de construção relativos aos projetos para ampliação da empresa, os quais contêm dois galpões de 15,8 mil e 7 mil metros quadrados.


Transporte escolar
Estudantes da rede estadual de Brusque relataram ao jornal O Município que não estão recebendo o repasse do transporte escolar. Uma aluna da Escola de Educação Básica Feliciano Pires disse que o valor deixou de ser efetuado neste mês, e que por isso, precisa desembolsar diariamente R$ 7,70, para ir e voltar das aulas.

Repasses em dia
Em nota, porém, a assessoria de comunicação da Gerência de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional de Brusque (Gered) afirma que o governo do estado está em dia com os repasses do transporte escolar de Brusque. As parcelas são pagas de março a novembro de cada ano e a sexta foi paga no dia 19 de agosto e a sétima será paga dia 20 de setembro.


Novo Fundam
O governador Raimundo Colombo oficializou a liberação de R$ 700 milhões para a realização da segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam 2) em audiência com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em Brasília, na tarde desta segunda-feira, 18. Um ato formal de assinatura do contrato deve ser realizado em Florianópolis, com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), fonte dos recursos, em data a ser definida. Colombo informou que os primeiros contratos com as prefeituras já poderão ser assinados a partir de outubro.

Ação judicial A 3ª Promotoria de Justiça de Brusque informou na tarde desta segunda-feira, 18, que ajuizou ação civil pública relacionada ao caso de suposta nomeação irregular de servidor comissionado
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio