Segundo MP, Força Independente foi punida por levar armamento até estádio

Em incidente no ano passado, PM de Blumenau apreendeu van da torcida carregada com soco-inglês, máquinas de choque, bastões de ferro, tacos de beisebol e canivetes.

Segundo MP, Força Independente foi punida por levar armamento até estádio

Em incidente no ano passado, PM de Blumenau apreendeu van da torcida carregada com soco-inglês, máquinas de choque, bastões de ferro, tacos de beisebol e canivetes.

As punições do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) para as torcidas organizadas, decididas em acordo na última terça-feira, se basearam em ocorrências registradas pela Polícia Militar que envolveram estes grupos nos últimos anos. A punição da Força Independente, organizada do Brusque Futebol Clube, é a mais ‘leve’ entre as torcidas porque há apenas um registro de infração

A ocorrência, no entanto, é grave. Segundo relatório do 10º Batalhão da PM, em partida contra o Metropolitano no ano passado, em Blumenau, cerca de 20 membros da Força foram até o Sesi em uma Van carregada de armas brancas. Consta no documento que havia, dentro do veículo, soco-inglês, máquinas de choque, bastões de ferro, tacos de beisebol, canivetes, entre outros artefatos que seriam utilizados para agredir a torcida adversária. A polícia, no entanto, barrou o veículo, revistou a van e apreendeu as armas, mas ninguém foi autuado. A partida era válida pela terceira rodada da Copa Santa Catarina, e foi realizada no dia 24 de outubro de 2013.

 

>> Confira a matéria na integra, com depoimento do presidente da Força Independente e do promotor de justiça do MP, Eduardo Paladino, na edição impressa do Município Dia a Dia desta quinta-feira, 16 de outubro

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio