Mudanças no trânsito da rua Alois Moritz são discutidas pelos vereadores

Deivis da Silva propôs a retirada do canteiro e transformação da rua em mão única, porém, requerimentos tiveram pedido de vistas

Mudanças no trânsito da rua Alois Moritz são discutidas pelos vereadores

Deivis da Silva propôs a retirada do canteiro e transformação da rua em mão única, porém, requerimentos tiveram pedido de vistas

Na primeira sessão ordinária da Câmara de Brusque após o recesso, os vereadores discutiram, entre outros, dois requerimentos de autoria de Deivis da Silva (PMDB) que solicita modificações no trânsito da rua Alois Moritz, no bairro São Luiz.

Um dos requerimentos visa a retirada dos canteiros que dividem a rua e o outro, a transformação da via em mão única, no sentido Felipe Schmidt para a avenida Otto Renaux.

O autor dos requerimentos afirma que foi procurado por alguns moradores da rua que reclamaram da situação. Como é permitido estacionar dos dois lados da via, o espaço para o tráfego fica muito pequeno, o que pode gerar acidentes.

Deivis da Silva também sugere a alteração de sentido, já que ruas próximas foram transformadas em mão única recentemente e, segundo ele, melhoraram a trafegabilidade da região.

Entretanto, o vereador Jean Pirola (PP) apresentou um requerimento pedindo vistas dos dois projetos, o que foi aprovado pelos vereadores. De acordo com Pirola, 90% dos moradores daquela rua são contra a retirada dos canteiros. “Essa é a única rua que preserva uma vez por ano juntar os moradores e fazer uma confraternização e agora propor tirar os canteiros e transformar em mão única, sou contrário. Deveria ser conversado com as pessoas que receberão esta obra para ver a aceitação”.

Para ele, retirar os canteiros, fazer a pavimentação e transformar a rua em mão única vai possibilitar a criação de uma pista de corrida no local. “Os moradores dali ainda mantém o costume de brincar com seus filhos na rua, não podemos aprovar um requerimento desses sem saber a opinião dos moradores”.

O vereador Paulo Sestrem (PRP) também se manifestou sobre o assunto. Ele destaca que quando esteve a frente da Secretaria de Trânsito de Brusque (Setram), foi cogitada a retirada dos canteiros da rua e gerou polêmica. “Acho que antes de mexer no local, o prefeito e a secretaria de trânsito devem ouvir a comunidade fazer uma reunião”.

Na primeira sessão ordinária da Câmara de Brusque após o recesso, os vereadores discutiram, entre outros, dois requerimentos de autoria de Deivis da Silva (PMDB) que solicita modificações no trânsito
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio