Mulher desaparecida em São João Batista é encontrada morta

Companheiro de Cristina Izabel Eccher se apresentou na Delegacia de Polícia Civil e confessou o crime

Mulher desaparecida em São João Batista é encontrada morta

Companheiro de Cristina Izabel Eccher se apresentou na Delegacia de Polícia Civil e confessou o crime

A exatamente um mês do desaparecimento de Cristina Izabel Eccher, 32 anos, de São João Batista, a Polícia Civil finalmente desvenda o mistério. Na manhã desta terça-feira, 29, o companheiro Joel Batista Alexandre, 34 anos, se apresentou na Delegacia de Polícia Civil e confessou ter matado Cristina.

Ele também estava desaparecido desde o dia 07 de outubro, após prestar depoimento para a polícia. 

Segundo o investigador da Polícia Civil, Eduardo de Menezes, durante a manhã Alexandre foi até a delegacia, junto com o irmão. Após uma longa conversa, ele confessou ter esfaqueado a esposa no pescoço e jogado o corpo em um barranco, em Angelina, poucos metros acima de Major Gercino. 

Os policiais foram até o local indicado por Alexandre e localizaram o corpo de Cristina. Por ser um local de difícil acesso, aguardam a chegada do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate. O Instituto Geral de Perícia (IGP), de Brusque também foi acionado para recolher o corpo.


Leia matéria completa na edição impressa do Jornal, na quarta-feira, 30 de outubro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio