Mulher é acusada de furto, mas diz que ficou com bicicleta para quitar programa sexual

Caso aconteceu nesta sexta-feira, no Paquetá

Mulher é acusada de furto, mas diz que ficou com bicicleta para quitar programa sexual

Caso aconteceu nesta sexta-feira, no Paquetá

Enquanto realizava rondas para tentar localizar o responsável por furto de bicicleta, a Polícia Militar encontrou uma mulher com as características indicadas pelo proprietário do veículo no bairro Paquetá, em frente ao mercado Colzani. O caso aconteceu nesta sexta-feira, 17.

Durante a abordagem, ela relatou que não cometeu o furto e só foi ao mercado comprar produtos de limpeza, pois estava trabalhando como diarista em uma casa próxima.

Os policiais foram até o suposto trabalho, onde foram recebidos pela moradora, que disse que a mulher morava nos fundos, local onde foi encontrada a bicicleta furtada.

Após a recuperação do veículo, a acusada confessou que levou a bicicleta para pagar o aluguel de sua casa, porém, logo após mudou sua versão.

Ela afirmou que fez um programa sexual com o dono da bicicleta e ele disse para ficar com a bicicleta como pagamento, até ele lhe dar o dinheiro.

A mulher foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil onde prestou esclarecimentos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio