Mulher é enganada na internet por golpista

Ela chegou a passar dados pessoais para o homem, que pediu um depósito de R$ 17 mil

Mulher é enganada na internet por golpista

Ela chegou a passar dados pessoais para o homem, que pediu um depósito de R$ 17 mil

Uma mulher de 51 anos relatou na Delegacia de Polícia Civil que conversava com um homem pela internet, pelo aplicativo Messenger. O homem contou que morava nos Estados Unidos (EUA) e trabalhava no Exército.

Na segunda-feira, 19, o homem pediu para ela enviar uma foto da carteira de identidade, o que foi acatado pela mulher. Após isso, o homem disse que precisava do endereço e dados pessoais dela para enviar um pacote com medalhas, diplomas, sapatos e roupas, pois voltaria ao Brasil no fim deste ano. Com isso, deixaria o embrulho guardado com a mulher até o retorno.

Na terça-feira, 20, por volta das 20h30, a mulher recebeu um e-mail em que pedia para depositar a quantia de R$ 17 mil.

Ao perceber que se tratava de um golpe, a mulher falou para o homem que não queria mais receber a encomenda e que ligaria para a polícia. Com isso, o golpista não entrou mais em contato com ela.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio