Multidão toma conta do Centro de Brusque em desfile da 32ª Fenarreco

Cerca de 100 grupos se apresentaram, entre escolas, entidades, bandas, fanfarras, empresas e órgãos públicos

Multidão toma conta do Centro de Brusque em desfile da 32ª Fenarreco

Cerca de 100 grupos se apresentaram, entre escolas, entidades, bandas, fanfarras, empresas e órgãos públicos

  • Por Daiane Benso
  • 20:51
  • Atualizado às 16:29
  • +A-A

A avenida Cônsul Carlos Renaux foi tomada por uma multidão no começo da noite desta quinta-feira, 5. Crianças, jovens e idosos, embalados por músicas germânicas, desfilaram pelo Centro de Brusque, dando início à 32ª edição da Festa Nacional do Marreco, a Fenarreco.

Neste ano, quase 100 grupos participaram do desfile, entre escolas, entidades, bandas, fanfarras, empresas e órgãos públicos. Brinquedos e carros alegóricos também fizeram bonito na avenida. Ao todo, aproximadamente 5 mil pessoas participaram do evento, que iniciou próximo às Casas Bahia e seguiu até a ponte estaiada Irineu Bornhausen.

O prefeito e o vice, Jonas Paegle e Ari Vequi, vereadores e outras autoridades prestigiaram o desfile, que durou cerca de 1 hora e meia.

Kleine Kneipe  desfilou em Brusque pela primeira vez/ Marcio Costódio

Bar em movimento
Um dos grupos que encantou o público foi o Kleine Kneipe (pequeno bar, em alemão), de Blumenau, que participou do desfile da Fenarreco pela primeira vez. Dentro de um trem, equipado com lenha, alimentos e muito chope, 30 integrantes cantaram e se divertiram.

Hilário Herkenhoff, organizador do grupo, conta que há mais de 20 anos desfilam na Oktoberfest. O trem começou a ser produzido para o evento há um mês e o grande segredo para tanta beleza é a decoração feita com dedicação.

“São detalhes, que somados, deixaram o trem bonito. Para nós é uma alegria participar da Fenarreco”, destaca.

Bonde do Pato, de Blumenau, foi uma das atrações do desfile/ Marcio Costódio

Bonde do pato 
Quem também fez bonito na passarela foi o Bonde do Pato, de Blumenau. Juntos a profissionais do Catarina Shopping e do Stop Shop, trouxeram a Brusque um pouco da cultura alemã por meio da gastronomia.

Essa é a segunda vez que o Bonde do Pato se apresenta na Fenarreco. Ano passado também estiveram na cidade. Felipe Anuseck Barbieri conta que o carro é cheio de elementos germânicos.

Como o primeiro bonde elétrico surgiu na Alemanha e o pato é um alimento típico do país, o nome não poderia ser melhor. “Conseguimos reunir a cultura germânica dentro de um carro”.

Para ele, o desfile da Fenarreco, mesmo em proporções menores do que os da Oktoberfest, é sensacional. “O desfile é excelente, é uma festa familiar, aconchegante, que aproxima as pessoas. Por isso retornamos”.

Claudiana Kretski e sua filha Alice na  avenida Cônsul Carlos Renaux/ Daiane Benso

Engenhoca para Alice
Claudiana Kretski, moradora de Brusque, há alguns meses começou a se preparar para o desfile. Ela faz parte do grupo Unidas pela Amamentação, do Instituto Anjos do Peito, e desfilou com sua filha Alice, de apenas 1 ano.

Do Paraná veio o carrinho de madeira que transportou a pequena menina, com produção especial do padrinho de Alice. Com duas rodas, também de madeira, muitas flores, como manda o figurino, o paranaense fabricou a “gaiota”.

“Foi toda uma produção e carinho para o desfile. O padrinho dela fez essa engenhoca especialmente para hoje”, diz Claudiana.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio