No retorno de Joceli, Bruscão passa pelo Atlético-IB e volta a vencer no Estadual

Com a vitória por 1 a 0, equipe assume a vice-liderança do hexagonal

No retorno de Joceli, Bruscão passa pelo Atlético-IB e volta a vencer no Estadual

Com a vitória por 1 a 0, equipe assume a vice-liderança do hexagonal

O técnico Joceli dos Santos reestreou com o pé direito no comando do Bruscão. Um dia após assumir a vaga deixada por Pingo, que acertou no fim da tarde de sexta-feira com o Avaí, o treinador já dirigiu o time em campo neste domingo. Em sua volta, saiu de campo com um triunfo por 1 a 0 sobre o Atlético de Ibirama. 

Embora a equipe novamente não tenha feito um bom jogo, o resultado foi importante para dar moral ao grupo que vinha em um jejum de três partidas sem vencer na competição. O resultado deixou o Bruscão na vice-liderança do quadrangular, com quatro pontos, dois a menos que o líder Marcílio Dias. Na quarta-feira, a equipe terá a oportunidade de assumir a ponta, quando faz o clássico com o rival, em Itajaí.

Sem mudanças
Joceli dos Santos optou por manter o mesmo time que vinha sendo comandado por Pingo. A única mudança foi o retorno de Elielton na vaga de Aldair, expulso na última partida. Com isso Serginho voltou à meia-cancha ao lado de Mazinho. Jogando no setor que atua desde o ano passado, o camisa 8 voltou a se destacar e, junto com Eurico e Eydison, foi primordial para a vitória. Foi dele o gol que garantiu o triunfo da equipe aos 30 minutos da primeira etapa.

O jogo
O Brusque começou a partida indo para cima do Atlético de Ibirama. A equipe encontrava espaços e em dez minutos já havia criado três chances claras de abrir o placar. Todas com Eydison. O jogador continuou sem balançar as redes (marcou apenas um gol em dez partidas) mas teve atuação importante. Logo aos sete minutos, ele recebeu dentro da área e finalizou cruzado perto do gol. Dois minutos depois, passou pela marcação e fez lindo passe na segunda trave para Mazinho. Com o gol aberto, o meia desperdiçou.

O Atlético respondeu aos 12 e levou muito perigo à meta de Wanderson. André Gava recebeu de frente para o gol e finalizou de fora da área. O goleiro deu rebote, Rodrigo Couto chegou para conclusão, mas bateu em cima do arqueiro. A jogada animou o time do Alto Vale, que equilibrou as ações do jogo. Aos 19, Wanderson falhou em chute de Marcelo Quilder e quase permitiu o gol da equipe visitante. No entanto, dois minutos depois, Júlio César deu bobeira, o goleiro saiu nos pés de Matheus Guerreiro e salvou o time brusquense. 

A resposta do Brusque foi aos 25. Ricardo Lobo recebeu na cara de Nei, mas finalizou para fora. Aos 30, em grande jogada de João Neto, o Brusque chegou ao gol. O jogador lançou para Eydison. Com categoria, o atacante tirou a marcação e rolou para Serginho chegar de trás e fazer um bonito gol. Logo após o tento, Wanderson se destacou novamente ao evitar o empate do Atlético em chute de Matheus Guerreiro. O time do Alto Vale ainda teve um gol anulado de Rodrigo Couto, impedido, já nos minutos finais.

Etapa final
O jogo caiu de ritmo na segunda etapa. O Brusque passou a administrar o placar, enquanto no Atlético, faltava qualidade para aproveitar a falta de ímpeto do time mandante. Sonolenta, a zaga da equipe do Alto Vale vacilou logo no primeiro lance do tempo regulamentar. Eydison roubou a bola de Venna e rolou para trás. Ricardo Lobo perdeu na cara de Nei. 

Aos 13, João Neto foi cruzar, a bola quicou e quase surpreendeu o arqueiro adversário. Dois minutos depois, Silvio Criciúma fez as primeiras substituições no Atlético. Saíram Rodrigo Couto e Matheus Guerreiro para a entrada de Edinho e Brasão. Logo no primeiro lance, o último quase fez um golaço. Em contra-ataque rápido, ele bateu de longe e obrigou Wanderson, adiantado, a fazer grande defesa.

O Brusque ainda chegou a reclamar de dois pênaltis. No primeiro, Serginho ganhou de Gesiel na corrida e foi puxado. O árbitro, de frente para o lance, nada marcou. No outro, em um lance de interpretação, a bola pegou no braço de Jajá. Novamente a arbitragem mandou seguir.  Com muitos erros de passe, o Bruscão cedeu contra-golpes ao Atlético de Ibirama, mas o time do Alto Vale pouco assustava no ataque. 

Aos 33 minutos, Marcelo Quilder ofendeu a bandeirinha Fernanda Colombo Uliana, foi expulso, e dificultou as ações do time adversário. Joceli dos Santos fez a última troca pouco depois ao colocar Leandrinho na vaga de Ricardo Lobo. Iury e Rafael Bitencourt já haviam entrado na vaga de João Neto e Mazinho, respectivamente. Eydison ainda teve a chance de acabar com o jejum já nos acréscimos do jogo, mas finalizou mal e foi parado pelo goleiro Nei.

Confira mais detalhes da partida na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 10 de março.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio