Nos dias 14 e 15 de abril, o 3º BQ(en)cena traz a Brusque o espetáculo Quarto 19, de Amanda Lyra (SP)

As apresentações do monólogo ocorrem no Teatro CESCB e os ingressos já estão à venda na bilheteria teatro e na Livraria Graf

Nos dias 14 e 15 de abril, o 3º BQ(en)cena traz a Brusque o espetáculo Quarto 19, de Amanda Lyra (SP)

As apresentações do monólogo ocorrem no Teatro CESCB e os ingressos já estão à venda na bilheteria teatro e na Livraria Graf

A história de uma mulher de classe média, casada, que após anos dedicados à criação dos filhos espera o momento em que finalmente terá algum tempo para si. Mas, quando isso acontece, ela não sente a liberdade que esperava e, para fugir da irritação doméstica e do ritmo familiar, passa a alugar um quarto de hotel no centro da cidade. Esse é o enredo do espetáculo Quarto 19, de Amanda Lyra (SP), que o 3º BQ(en)cena traz a Brusque, nos dias 14 e 15 de abril. As apresentações ocorrem às 19h30min, no Teatro do CESCB, e os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e na livraria Graf, a R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). A classificação etária do espetáculo é a partir de 18 anos.

Com idealização, tradução e atuação de Amanda Lyra e direção de Leonardo Moreira, a peça Quarto 19 é um monólogo construído a partir do conto No Quarto Dezenove (To Room Nineteen), da escritora britânica Doris Lessing, prêmio Nobel de Literatura 2007. To Room Nineteen foi publicado pela primeira vez em 1963. Conta a história de uma mulher de classe média, casada, e com filhos que se vê despersonalizada pelo casamento burguês, pela maternidade e pela fragmentação de sua identidade feminina. “A personagem do conto está consciente de que é prisioneira de alguma coisa maior e, em seu discernimento embotado, passa a acreditar que está doente. Mas o mal que a aflige está no âmago da sociedade, e não em algum lugar escondido das anomalias individuais”, explica a atriz Amanda Lyra.

A personagem vive uma luta silenciosa de muitas outras mulheres. “É uma luta gigante, onde o desejo de autenticidade se vê barrado por princípios e modelos culturais. O Quarto 19, o teto todo seu, não diz respeito apenas a um espaço físico de liberdade individual onde a mulher pode ser o que quiser, a despeito do que se exige dela na sociedade. É antes um estado de libertação do que uma ocupação espacial. A personagem do conto, paradoxalmente, caminha no sentido da neutralização, o que evidencia os absurdos a que somos impelidos a encenar em vida. Até que seja, não mais que de repente, tarde demais”, complementa Amanda.

A peça Quarto 19 estreou em março de 2017, no Sesc Pinheiros, em São Paulo, e a atriz Amanda Lyra foi indicada ao Prêmio Shell pelo trabalho.

“Faço um convite especial em nome de toda a equipe do BQ(en)cena, parceiros, apoiadores e patrocinadores, para que os cidadãos de Brusque e região venham ao teatro do CESCB assistir o espetáculo Quarto 19. O fazer teatral só é completo quando palco e plateia se encontram. Vamos enriquecer nossa cultura!”, convida o coordenador do BQ(en)cena, Sérgio Valle.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio