Rosemari Glatz

Professora da Unifebe

Nossas Praças – Parte 3

Rosemari Glatz

Professora da Unifebe

Nossas Praças – Parte 3

Rosemari Glatz

Dando continuidade à “nossa viagem” pelas praças de Brusque, hoje vamos conhecer um pouco a respeito da Praça do Sesquicentenário e da Praça do Estudante. Na coluna do dia 12 conhecemos sobre as Praças Barão de Schneeburg e Vicente Só e, no dia 19, sobre a Praça Gilberto Colzani e a Praça da Cidadania.

Veja também:
Em um ano, Hospital Azambuja realiza sete cirurgias de captação de órgãos 

Reajuste de mensalidades chega a quase 20% nas escolas particulares de Brusque 

Prefeitura de Brusque retomará programa de atendimento domiciliar a pacientes acamados

Praça do Sesquicentenário
Criada em homenagem aos 150 anos de Brusque, a praça foi inaugurada em 2/08/2010 e recebeu o monumento “A Conquista dos 150 anos”, um conjunto de figuras geométricas em concreto e metal. As três torres representam os três poderes do município, com uma linha em ascensão. Os bonecos simbolizam o povo, e as engrenagens a indústria, principal responsável pelo desenvolvimento econômico da cidade. Os perfis encontrados em torno das engrenagens formam o mapa de Brusque.

A praça também acolhe a estátua de Brusque, e o Monumento à Bíblia, o que simboliza o texto bíblico e instiga a comunidade a refletir sobre a obra. A construção é composta por uma coluna em mármore branco e outra em granito preto, além de uma caixa de concreto alisado e um vidro temperado transparente com aplicação de serigrafia.

Quando da sua construção, árvores de um antigo palacete que foi demolido na Rua Otto Renaux foram transplantadas para a praça, que possui uma academia para todas as idades, pista de patinação, parque infantil, internet, jardim e chafariz. A água para jardinagem, e que também é usada no chafariz, é captada das águas da chuva.

Em outubro de 2011, foi inaugurado o Ponto de Leitura. Em 9/08/2013, foi inaugurado um novo módulo da praça, que recebeu mais duas quadras, uma poliesportiva e uma de tênis, a pista de esportes radicais e mais vagas para estacionamento.

Um dos mais novos cartões postais da cidade, a Praça do Sesquicentenário é palco de vários eventos e atrações e possui a primeira pista de patinação do Estado instalada a céu aberto.

Localização: Rua Eduardo Von Buettner, em frente à Prefeitura. Centro.

Praça do Estudante
A praça privada de uso público, que pertence ao Centro Universitário de Brusque – Unifebe, recebeu uma nova urbanidade e uso a partir da inauguração de uma das três unidades da estação inteligente Smight instaladas em continente americano. Inaugurada em 17/11/2017, a estação inteligente Smight é um dos frutos do projeto “50 Parcerias Municipais pelo Clima” firmado entre Brusque e o Distrito de Karlsruhe (Alemanha), e que conta com o apoio da Unifebe para fins científicos.

O projeto busca desenvolver programas, traçar objetivos e alocar recursos às políticas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. A estação Smight conta iluminação led, internet wi-fi, carregamento de veículos elétricos e pode ser utilizada como sensor de grandezas naturais, temperatura, e coleta de dados para auxiliar no tráfego de veículos.

A praça privada de uso público – aqui denominada carinhosamente de “Praça do Estudante”, pois não é uma praça oficial -, conta com uma escultura que integra o Patrimônio Histórico do Município. A escultura “Sem Nome”, de 2005, traz uma pirâmide que emoldura oito rostos com olhos fechados e um nono rosto com olhos abertos e, num deles, um coração, remetendo ao olhar da Mãe Terra que, com olhar vigilante acolhe, protege, orienta e ensina.

Veja também:
Eleições 2018: as estratégias dos partidos na reta final de campanha

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Defesa diz que assassino de Bianca Wachholz agiu em defesa da honra

“Sem Nome” é uma obra de arte que convida a legibilidade da peça para além das aparências das coisas, onde impera um tipo de essência espiritual, uma força ou um ser imanente, cuja manifestação nas formas vivas é só parcial e convida a eterna e incessante busca pelo conhecimento, tão próprio do ambiente universitário que, ao fundo, emoldura a escultura.

Caminhos pavimentados, bancos coloridos e canteiros floridos complementam a ambientação do local.

Localização: Defronte a Unifebe. Bairro Santa Terezinha Brusque.

Continua na próxima semana.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio