Pioneiros

    Carlinhos Bar, o point chique dos anos 50 e 60

    Local reunia juventude das classes altas de Brusque com refeições, dança e paquera

    Helga Kamp, a proprietária da primeira escola de idiomas de Brusque

    Professora, tradutora e intérprete comprou franquia da Yázigi em 1969 e começou dando aulas para a alta sociedade

    A fábrica de arroz do Bateas

    No início do século 20, Max Jönk tinha uma pequena fábrica de beneficiamento de arroz que, mais tarde, originou o Arroz Jönk

    História centenária

    Criada em 1900, fábrica de Vinagre Heinig atua no mesmo lugar desde sua fundação

    A companheira dos brusquenses

    Fundada em setembro de 1946, Sociedade Rádio Araguaia foi a primeira emissora de Brusque

    O primeiro jornal dos brusquenses

    Brusquer Zeitung circulou de 1912 a 1917 no idioma alemão

    O inconfundível sabor da geladinha

    Sorveteria Gleich ainda é lembrada pela qualidade do sorvete pioneiro em Brusque

    A pioneira da metalmecânica

    Fundição Hércules nasceu da visão de Oswaldo Loos e deu início ao setor que é uma das bases da economia de Brusque

    Desde 1910, Joalheria Gevaerd

    Negócio familiar começou no início do século 20, mas só aderiu à área de ótica no final da década de 60

    A Loja das Malas (e dos artigos de couro em geral) de Brusque

    Antiga Selaria Olinger foi destruída em 1971, após um grande incêndio

    VOCÊ JÁ VIU?