Posto de saúde do Ribeirão do Ouro começa a atender nesta semana

Unidade, a terceira de Botuverá, foi custeada somente pela prefeitura

  • Por Marcos Borges
  • 6:30
  • Atualizado às 17:43

Posto de saúde do Ribeirão do Ouro começa a atender nesta semana

Unidade, a terceira de Botuverá, foi custeada somente pela prefeitura

  • Por Marcos Borges
  • 6:30
  • Atualizado às 17:43
  • +A-A

A Unidade de Saúde do Ribeirão do Ouro começará a atender na próxima quarta-feira, 3. Às 8h, será feita a inauguração oficial do espaço. Esse é o terceiro posto de saúde do município, acima do estipulado pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a secretária de Saúde, Márcia Cansian, a unidade atenderá cerca de 700 famílias, não só em Ribeirão do Ouro, mas em Vargem Grande os outros bairros e localidade da parte alta da cidade.

Márcia diz que a prefeitura já tem contratados os profissionais que vão trabalhar no posto. São dois médicos, uma enfermeira, uma técnica em enfermagem e os agentes comunitários de saúde.

A unidade prestará serviços como entrega de remédios, consultas e vacinação. Neste primeiro momento, o único serviço que não será ofertado é a odontologia. Segundo a prefeitura, o custo total da estrutura foi de R$ 80 mil, inteiramente custeado pela municipalidade.

“É a comunidade mais distante, a proposta é colocar os profissionais mais perto da população”

O prefeito José Luiz Colombi, o Nene, diz que a unidade de saúde era para ter sido inaugurada em 2016, mas por problemas burocráticos não foi possível. Segundo ele, o Ministério da Saúde prevê, em suas regras, uma quantidade de Estratégias de Saúde da Família (ESF) por habitantes, e Botuverá já está no limite.

Segundo o prefeito, pelas normas do governo federal, Botuverá não comporta três postos de saúde, apenas dois. Por isso o governo federal não custeia uma unidade nova. Mas a prefeitura resolveu pagar sozinha pela estrutura, para aproximar o poder público da população.

“É a comunidade mais distante, a proposta é colocar os profissionais mais perto da população”, diz a secretária de Saúde. Márcia diz que, com mais uma unidade, também será reduzida a demanda na unidade do Centro.

O prefeito Nene afirma que o poder público dará mais atenção à  Saúde neste mandato. “Queremos trabalhar a saúde como prioridade, junto com a educação”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio