Núcleo de Cervejeiros da AmpeBr realiza primeiro curso do segmento para iniciantes

Capacitação ocorreu com aulas teóricas e práticas

Núcleo de Cervejeiros da AmpeBr realiza primeiro curso do segmento para iniciantes

Capacitação ocorreu com aulas teóricas e práticas

A sede da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (Ampebr) transformou-se em um grande ‘laboratório artesanal’, no último sábado, 10. Isso porque, na oportunidade foi realizada a segunda etapa do 1º Curso Cervejeiro Iniciante, promovido pelo Núcleo de Cervejeiros Artesanais de Brusque e Região (Nurcervarte).

Ministrada pelo cervejeiro Roque Bambineti, a capacitação foi realizada em duas etapas: na sexta-feira, 9, foram repassados os conteúdos teóricos, desde a história da cerveja, conceito, tipos da bebida, ingredientes, processo de fabricação, entre outros.

Já no sábado, o aroma da fervura dos maltes, bem como do lúpulo e demais ingredientes ficaram em evidência durante a capacitação, já que na prática os participantes conheceram os processos de mistura dos itens, dosagens, temperaturas, utilização de equipamentos e as demais etapas para a produção de uma cerveja tipo Blonde Ale, até o seu engarrafamento.

Ao longo do encontro ainda, muitas dúvidas também foram esclarecidas aos integrantes, como os teores alcoólicos, a necessidade da boa qualidade da água, cuidados na manipulação, entre outros, para garantir a boa qualidade do produto.

“Como fazer cerveja é um desafio, ministrar essa capacitação também foi. Poder ver os participantes aprenderem a fazer cerveja, como aprendi há alguns anos, para depois degustá-las com amigos, é algo muito gratificante. Tentamos passar uma base para eles, para que a partir disso eles estudem e possam produzir outros tipos e sabores”, explicou Bambineti, que há oito anos produz cervejas.

O aposentado Arlindo Debatin foi um dos dez participantes do evento, que deixou de lado o feriado da cidade de Guabiruba, onde reside, para aprender a produção artesanal. Iniciante, ele acredita que o curso esclareceu muitas dúvidas e foi um grande incentivo para começar a produção própria.

“Foi muito válido. Após adquirir os equipamentos vou começar a fazer. Temos muitas pessoas que fazem no município e é muito bacana ter um grupo assim, como o Núcleo da AmpeBr, onde um auxilia ao outro nessa produção”, avaliou.

Após o encerramento do curso, todos os participantes receberam certificados.

Meta prevista e alcançada
O Núcleo de Cervejeiros da AmpeBr iniciou suas atividades em março deste ano, tendo como objetivo difundir a cultura cervejeira artesanal, agregando pessoas com o mesmo interesse, para que, através do associativismo, os integrantes possam crescer de forma profissional e tecnicamente.

De acordo com o coordenador do Nurcervarte, Cícero Klas, após a definição do plano de metas do grupo, a primeira delas era a realização de um curso para iniciantes, o que foi realizado com sucesso. “Técnica exige treinamento. E apesar de a maioria dos integrantes do Núcleo já produzirem cervejas de forma artesanal, vimos que a demanda era grande de pessoas que queriam começar a produzir cervejas”, comentou.

Para o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge, o curso foi o primeiro de muitos que ainda deve ser realizado pelo grupo, que cada vez mais tem se fortalecido e demonstrado a importância do associativismo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio