O Município na História – Parte 21

O Município na História – Parte 21

Casa de Brusque

06/06/63 – Maternidade Cônsul Carlos Renaux: inauguração amanhã

Acontecerá amanhã finalmente, a inauguração da nova e moderníssima Maternidade Cônsul Carlos Renaux.

Toda a cidade está aguardando o grande acontecimento, que ficará inscrito nos anais da História de Brusque como um dos maiores feitos de seu povo.

Veja também:
PSL de Brusque aproveita onda de crescimento e mira eleições municipais

Contribuição de MEIs da região de Brusque com o INSS cresce 71% em três anos

Corpo de Bombeiros estima receber R$ 1 milhão a menos com novo convênio

Prefeitura de Brusque quer transformar parte da Cristalina em área urbana

A nova maternidade é, talvez a mais bem aparelhada e moderna do estado, construída que foi dentro dos mais avançados preceitos recomendados por este tipo de casa de saúde.

As solenidades de inauguração começam às 8h havendo principalmente: Culto de ação de graças no templo evangélico; às 9h30 haverá então o ato inaugural, ocasião em que falarão vários oradores.

Depois, seguir-se-á a abertura da maternidade à visitação pública…

27/06/63 – Dia do Colono em Guabiruba

Uma iniciativa do prefeito Carlos Boos veio repor no seu tradicionalismo a festa do dia do colono levada a efeito dia 25 do corrente, data consagrada ao homem do campo no florescente município de Guabiruba.

O acontecimento foi marcado por um ato cívico a que compareceram inúmeros lavradores, autoridades e escolares da localidade que se poram a ouvir poesias e peças alusivas a efeméride, a cargo dos alunos do Grupo Escolar João Boos, falando por último o prefeito Carlos Boos.

Veja também:
Projeto de lei: filhos de vítimas de violência devem ter preferência na matrícula escolar em Brusque

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Banda alemã VoxxClub sobe ao palco nas últimas quatro noites da 35ª Oktoberfest

No seu aplaudido improviso, desdobrado em língua alemã e portuguesa, o chefe do executivo Guabirubense externou seus louvores e a sua admiração pelos colonos citando vários nomes de famílias pioneiras, quer vindas da Alemanha como da Itália cujos descendentes que ali estavam ajudam a construir a cidade cujo progresso já coloca entre as maiores e notáveis municípios de Santa Catarina.