O Município na História – Parte 5

O Município na História – Parte 5

Casa de Brusque

03/09/1960 – Alemanha quer fabricar armas atômicas no Brasil

Escrevendo que a atual visita do ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Von Bretano ao Brasil é também para discutir a possibilidade da construção em nosso país de fábricas de armamento atômico e de foguetes, numa colaboração Alemã-Brasileira, o Jornal germânico “Sud Est Zeitung” afirma, no corpo de uma reportagem sobre a viagem.
Que Bonn está disposto a fornecer o capital necessário e especialistas. Simultaneamente,
ainda segundo este órgão Von Bretano efetuará sondagens para a criação no Brasil de polígono de instrução de militares alemães a exemplo do que foi solicitada a Espanha.
A Alemanha, como se sabe, não tem o direito, ela própria, a Bomba Atômica. Tem se
como certo, igualmente que Adenauer vai anunciar proximamente que a Alemanha está pronta a conceder créditos de um bilhão de dólares (200 bilhões de cruzeiros) a nosso país em condições bem convenientes que as outras nações o fazem.

03/09/1960 – A eliminação de cálculos renais sem intervenção cirúrgica

“Titriplex III” substitui o bisturi – Espinafre, ruibardo e ananás. Hamburgo – (Por Eduardo Bauer) – impressões da Alemanha.
No Congresso de cirurgia do norte da Alemanha, realizado recentemente em Berlim, se descobria um processo químico de se eliminar cálculos renais. Timermann, urólogo do Hospital Hamburguês “Bethamien” descobriu a procura da substância química adequada, o titripex III com o qual conseguiu dissolver cálculos renais “in vitro” em cerca de 100 horas.
Até agora só se conseguira eliminar cálculos renais por processos químicos desde que fossem constituídos por fosfatos e carbonatos.
Faltava uma substância química para eliminar os cálculos renais à base de sais de cálcio privados de ácido oxálico…

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio