Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

O que João Dória fez por SC para ser homenageado?

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

O que João Dória fez por SC para ser homenageado?

Raul Sartori

Verdades sejam ditas sobre a índole do catarinense nativo acerca da visita, sexta-feira, do prefeito de São Paulo, João Dória, e o festival de bajulação de que foi alvo. Como mandou dizer o jornalista Benhur Cruz de Lima, SC age como província acachapante, que adora babar ovo de ricos. E pergunta: quem é Dória para ser homenageado? O que fez para SC? Percebe-se mais concordâncias que divergências.


Arena Condá
O deputado federal João Rodrigues (PSD-SC) lembra que os R$ 15,5 milhões para a Arena Condá, da Chapecoense, foram conquistados por ele em articulação com congressistas de outros Estados. O estádio passará de 18 mil para 35 mil lugares, atendendo uma demanda da região Oeste que tem acompanhado o time. Também salienta que a arena é um estádio municipal, na qual a Prefeitura de Chapecó mantém várias salas de secretarias municipais, que serão ampliadas em número. Quanto ao memorial, será uma obra tecnológica contando toda história do time e com um museu de cera em homenagem às vítimas do acidente na Colômbia. Por fim reforça que não se trata de um privilégio, já que as arenas construídas em vários municípios catarinenses, como Joinville, Florianópolis, Jaraguá do Sul, entre outras, que são muito bem ocupadas por atividades esportivas e culturais, foram construídas com recursos públicos.


Feriados antecipados
A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado tem pronto para votar, o que pode acontecer nesta semana, projeto de lei de iniciativa do senador Dário Berger (PMDB-SC), estabelecendo que feriados que caírem entre terça e sexta-feira sejam antecipados para a segunda-feira. A proposta não afeta feriados de datas simbólicas como 1º de janeiro, 1º de maio, 7 de setembro e 12 de outubro, nem Natal, Carnaval, Corpus Christi e Sexta-feira Santa. A medida também não valerá para os feriados que caírem aos sábados e domingos. Ótimo.


Invasão carioca
Talvez pelos seus comportamentos, principalmente quanto ao sonho de levar uma boa vida sem esforço maior, é que os cariocas tem certas afinidades com Florianópolis e seus habitantes. Essa simpatia se traduz em muitos telefonemas deles à imobiliárias, nos últimos dias, depois que o Rio de Janeiro virou uma praça de guerra. Eles acham que a Ilha de SC é um bom lugar para viver em paz. Ainda é, mas a perspectiva futura não é boa.


Previdência especial 1
Embora o Supremo Tribunal Federal (STF) já tenha se posicionado contra a existência de regimes especiais de previdência para deputados estaduais pagos com dinheiro público, parlamentares de cinco unidades da federação ainda podem receber valores superiores ao previsto na Constituição quando pararem de trabalhar. Em alguns casos, o legislador pode garantir a aposentadoria após dois mandatos – ou oito anos de trabalho. Revoltante, não?


Previdência especial 2
Mas a Ordem dos Advogados do Brasil está tentando derrubar no STF leis que criaram modelos diferentes de previdência para parlamentares. Não foi preciso quanto a SC. O governo do Estado vetou a criação do benefício em 2015 e, recentemente, a Assembleia Legislativa decidiu manter o veto.


Nomes
Ancelmo Goes, de O Globo, conta que andam criativos os pais de crianças nascidas no Rio nos 15 primeiros dias de abril, quando foram registradas no cartórios da cidade, dentre outros, os seguintes nomes: Anakin Roberto, Esayane Victoria, Veilon Max, Wiven Pietro, Windrerlyne Vitória e Wirlã Kevin. Hum…


Dá raiva
Dá raiva saber que aprovados pelos senadores em dezembro passado, os três projetos de lei do Senado que têm por objetivo acabar com os supersalários no serviço público ainda aguardam votação pelos deputados federais. Estão pendentes de votação há mais de 140 dias. Depois o Congresso fica reclamando da imagem pública que tem.


Prisão desnecessária
De assustar levantamento oficial apontando a existência de 221 mil presos provisórios no país, sem condenação em qualquer instância e representando um terço do total da massa carcerária, de 654 mil. O custo é de R$ 6,4 bilhões ao ano. Em SC, apesar dos esforços, 44,5% dos presos não tem condenação.


Padrão suíço
A empresa Flughafen Zürich AG, vencedora da concessão por 30 anos do aeroporto Hercílio Luz, de Florianópolis, promete ainda neste ano um “padrão suíço de qualidade” no terminal aéreo. Entre os investimentos imediatos está a instalação de 10 pontes de embarque, a construção de 2.500 vagas de estacionamento (cinco vezes mais que a capacidade atual, 539) e a ampliação dos serviços dentro da atual estação, como restaurantes e lojas.


DETALHES

  • A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado pode votar amanhã a Proposta de Emenda à Constituição 2/2015, que inclui os medicamentos de uso humano na lista de produtos sobre os quais não podem ser cobrados quaisquer tipos de tributos. Muito bom.
  • O admirável juiz Sérgio Morro sabe das coisas. Está corretíssimo em não permitir que o depoimento do ex-presidente Lula se transforme em palanque político.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio