Obras de macrodrenagem no Nova Brasília podem atrasar em quase dois meses

Nova empresa teve dificuldades no reinício dos trabalhos; prefeitura aguarda laudo

Obras de macrodrenagem no Nova Brasília podem atrasar em quase dois meses

Nova empresa teve dificuldades no reinício dos trabalhos; prefeitura aguarda laudo

As obras de macrodrenagem no bairro Nova Brasília deverão ter atraso de cerca de 50 dias, com nova previsão para ficarem prontas entre abril e maio de 2018. A estimativa é do engenheiro-presidente da Freedom, Nilberto Wan-Dall, responsável pelos trabalhos desde outubro.

Pela previsão inicial, o túnel liner ficaria pronto em cerca de dois meses. A estrutura, em resumo, é uma travessia subterrânea que permite não quebrar o asfalto e, consequentemente, não interromper o trânsito.

No entanto, os primeiros 40 dias foram utilizados para conferências do projeto e adequações relativas aos trabalhos anteriores, realizados pela empresa Catedral, o que atrasou o reinício.

“O que foi deixado [pela empresa anterior] não nos passou muita segurança. Fazemos atualmente dez obras públicas, e esta é sem dúvida a mais complicada de se executar”, lamentou Wan-Dall. As obras terão pausa nesta quarta-feira, 20, e retornam em 8 de janeiro em função do recesso da empresa.

O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, explica que a prefeitura tem acompanhado cada etapa da obra que promete reduzir as enxurradas no bairro. Assim que for concluído o laudo que detalhará o que já foi executado e quanto foi gasto, será possível definir se haverá aditivos e adequações.

As obras de macrodrenagem no Nova Brasília foram licitadas em R$ 2.578.169,18, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. A previsão inicial era de que elas estariam totalmente concluídas em março.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio